Risco de cassação: TRE julga amanhã processos que poderão levar a perda dos mandatos de sete vereadores em Jaboatão

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) julgará, amanhã, os processos que poderão levar à perda dos mandatos de sete vereadores de Jaboatão. As irregularidades teriam sido cometidas pelos partidos, por não cumprimento da cota de gênero nas eleições de 2020.

Caso os desembargadores considerem que houve irregularidades, todas as chapas inscritas no pleito passado serão anuladas. O julgamento acontecerá faltando cinco meses para as novas eleições e com os parlamentares tentando a reeleição. Os partidos envolvidos são: PMN (atual Mobiliza), PTC, Cidadania, Podemos e PTB (que se fundiu ao Patriota e formou o PRD).

Os vereadores que podem perder os mandatos são: Adiel, que foi eleito pelo PMN e se filiou ao PRD; Jorge Júnior, Manoel Moura e Juca da Lage eram do PTB e agora estão no PRD; Lica do Micro Ônibus foi eleito pelo Cidadania e agora está no PP; Melque, eleito pelo PTC (atual Agir 36) e recém-filiado ao Mobiliza; e Belarmino Souza que disputou em 2020 pelo Podemos e agora está no DC. A depender do resultado no pleno do TRE, todos podem recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas se trata de um processo difícil. Só como exemplo, o Avante perdeu a causa no Recife também por não respeitar a cota de gênero.

Os suplentes de outros partidos de Jaboatão estão na torcida para o TRE cassar as chapas dos partidos porque haverá recontagem dos votos e eles terão a chance de concorrer novamente, desta vez com cargos de vereadores.

Fonte: Blog do Ricardo Dantas Barreto

About Redação

Veja também

meio-ambiente-de-olinda-e-governo-do-estado-estreitam-lacos-para-projetos-futuros

Meio Ambiente de Olinda e Governo do Estado estreitam laços para projetos futuros

Reunião nesta sexta-feira (17) planejou algumas ações, e Olinda busca mais recursos Publicado por: Pedro …