Doações para vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul correm risco de não chegar devido à falta de logística

Por Amanda Ibrahim – Hoje Pernambuco

Aeroporto Internacional dos Guararapes, no Recife, enfrenta dificuldades para encaminhar doações às áreas afetadas pelas enchentes no Rio Grande do Sul

Recife, 11 de maio de 2024 – A solidariedade demonstrada por diversas pessoas que se mobilizaram para ajudar as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul pode ser frustrada devido à falta de apoio logístico. Um dos pontos de arrecadação, o Aeroporto Internacional dos Guararapes, no Recife, enfrenta dificuldades para encaminhar os produtos doados às áreas atingidas.

Voluntários que chegam ao aeroporto com mantimentos e suprimentos essenciais estão sendo informados de que, devido à carência de suporte logístico, existe o risco de os itens não chegarem ao destino final. Samuel, um dos voluntários engajados na campanha de arrecadação, expressou preocupação com a situação: “O local já está informando não ter mais suporte para receber os mantimentos devido à falta de apoio para logística. É extremamente importante que alguém faça esse papel.”

Diante desse cenário, é feito um apelo ao governo federal e ao governo estadual para que intervenham e garantam que as doações cheguem às mãos das pessoas necessitadas no Rio Grande do Sul. A urgência dessa questão se torna ainda mais evidente diante da gravidade da situação enfrentada pelos desabrigados e das dificuldades enfrentadas por muitas famílias atingidas pelas enchentes.

Arrecadações estão quase sem espaço

É fundamental que sejam adotadas medidas imediatas para superar os obstáculos logísticos e garantir que a solidariedade manifestada por tantos brasileiros não seja em vão. A colaboração entre entidades governamentais, organizações não governamentais e a sociedade civil é essencial para assegurar que as doações cheguem de forma eficaz e oportuna às comunidades afetadas, proporcionando o apoio tão necessário neste momento de crise.

About Redação

Veja também

estado-maior-central:-a-ameaca-da-dissidencia-das-farc-que-levou-colombia-a-lancar-‘ofensiva-total’

Estado Maior Central: a ameaça da dissidência das Farc que levou Colômbia a lançar ‘ofensiva total’

Crédito, Getty Images Legenda da foto, Recentes ataques do EMC na Colômbia mostram que seu …