na-cadencia-do-samba,-marco-zero-tem-noite-inesquecivel-de-carnaval

Na cadência do Samba, Marco Zero tem noite inesquecível de Carnaval

Ícones do gênero, como Martnália, Thiaguinho, Dilsinho e Mumuzinho entregaram tudo e mais um pouco ao público neste domingo (11). (Foto: Brenda Alcântara/PCR)

Os fãs do samba não ficariam, claro, desamparados neste Carnaval do Recife 2024. Neste domingo (11), para aquecer, a programação começou às 16h, com o Recife Matriz da Cultura Popular, em encontro de Blocos e Escolas de Samba. Na sequência, às 19h Karynna Spinelli fez apresentação com participação de Gerlane Lops e Afoxé Oxum Pandá. Quando o relógio bateu as  20h20, com milhares de foliões já devidamente energizados, um desenrolar de grandes nomes da música nacional: Martnália, Thiaguinho, Dilsinho e Mumuzinho foram os responsáveis por conduzir o restante da noite. 

“Quando a programação saiu, nem acreditei em todos esses nomes reunidos num único dia”, contou Diego Almeida, 42. “Gosto de todos, mas tenho um carinho especial pelo Thiaguinho. Escutei muito o Exaltasamba e segui acompanhando ele na carreira solo. Não tinha nem como eu perder esse dia de hoje no Marco Zero”.

Com carreira extensa e clássicos que estão na ponta da língua de muita gente, Thiaguinho incendiou o Marco Zero. Mart’nália, Mumuzinho e Dilsinho não ficaram para trás no clima que geraram nos milhares de foliões presentes, em performances que celebraram o melhor do samba e do pagode brasileiro. Thiaguinho empolgou o público com seus hits, a exemplo de “Sou o cara para você” e, principalmente, “Pé na areia”.

 Encerrando a noite, Mumuzinho cantou seus sucessos como “Mande um sinal” e ainda fez uma emocionada versão de “É”, clássico de 1988 de Gonzaguinha, emendando, de improviso com “Eva”, da banda Rádio Taxi e com o refrão “Sina”, de Djavan e Caetano Veloso – cantado em uníssono pelo público. Ainda teve tempo para “Melhor eu ir” e “Até que durou”, ambas de Péricles. E uma divertida homenagem a Alcione, com Mumuzinho fantasiado como a Marrom e cantando “Estranha loucura”, “Faz uma loucura por mim”, “A loba” e, “Você me vira a cabeça”. O final para os amantes do samba romântico foi com “Depois do prazer”, clássico absoluto do grupo Só Pra Contrariar, e “Eu mereço ser feliz”, do próprio Mumuzinho.

Larissa Bezerra, 36 anos, veio com seis amigos de Afogados da Ingazeira justamente para esse dia. “A gente começou a se organizar assim que saiu a programação, ainda conseguimos aproveitar outros dias, mas hoje era o nosso objetivo”, explicou. “Mart’nália é uma estrela, mas aqui tem gente que está o dia todo ouvindo Dilsinho, Mumuzinho, Thiaguinho. Deu certo porque são justamente os artistas que esse grupo nosso mais escuta. Por isso que a gente é apaixonado por esse carnaval”, exaltou.

A transmissão completa do Carnaval do Recife 2024 é feita pela TV Conecta Recife. Toda a programação, de todos os dias, pode ser conferida em https://carnaval.recife.pe.gov.br. Caso queira acessar o banco de fotografias, o link é: flickr.com/photos/prefeituradorecife. Para o acervo de vídeos das últimas edições, o caminho é também a TV Conecta Recife, em bit.ly/tvconectarecife.    



About Redação

Veja também

prefeitura-do-recife-anuncia-expansao-de-escolas-em-tempo-integral

Prefeitura do Recife anuncia expansão de escolas em Tempo Integral

Com a ampliação, Rede Municipal de Ensino do Recife contará com 50% das escolas de …