grandes-atracoes-locais-e-nacionais-esquentam-o-carnaval-no-polo-da-varzea

Grandes atrações locais e nacionais esquentam o Carnaval no Polo da Várzea

Animação foi garantida na noite do domingo (11) com os shows dos pernambucanos Geraldo Maia, Silvério, Almério e do carioca Rubel. (Foto: Marlon Diego/PCR)

Um dos polos mais charmosos do Carnaval recifense viveu, nesta segunda-feira (11), mais uma noite de folia com grandes atrações locais e nacionais. No palco descentralizado da Várzea, situado na Zona Oeste da cidade, a animação foi garantida com os shows dos pernambucanos Geraldo Maia, Silvério, Almério e do carioca Rubel. O polo fica na Praça Pinto Damásio e recebeu um grande público.

Velho conhecido do Carnaval, o carpinense Silvério levantou os foliões com um repertório cheio de clássicos do frevo. “Já me sinto quase um filho da Várzea. Sempre recebo muito carinho e acolhimento aqui”, ressaltou. Na apresentação, hinos imortais como “Bom Demais”, “Me Segura que Senão Eu Caio” e “Oh Bela!”, até o encerramento com uma versão frevística de “Manguetown”, música de um dos homenageados deste Carnaval, o eterno Chico Science.

Em seguida foi a vez de Almério, que incendiou o polo com um show empolgante, começando com “Vida Boa” da banda Eddie e passando por cirandas, bregas e frevos como “Banho de Cheiro”, relembrando inclusive a rainha Rita Lee com “Mania de Você”. “Tocar aqui era um sonho antigo. Estou muito emocionado. A Várzea é um dos melhores lugares do Carnaval recifense. A ordem é todo mundo ser feliz e se divertir”, exaltou. Do repertório próprio do artista, destaque para “Quero Você”, gravada com Maria Bethânia.

Já o cantor carioca Rubel trouxe sua música pop contemporânea pela primeira vez para o Carnaval recifense, onde se apresentou também na Praça do Arsenal. “Fico muito honrado de tocar no maior Carnaval do mundo. Já notei que a festa aqui respeita muito a tradição e cultura de Pernambuco. Acho lindo também a descentralização dos shows, que leva a música para toda a cidade”, elogiou, antes de subir ao palco com sucessos como “Quando Bate Aquela Saudade” e “Partilhar”.

No público que lotou o polo, muitos moradores do próprio bairro. “A gente não precisa ir para o Centro, porque todos os anos tem muitos shows ótimos aqui. Adorei Almério e na segunda estou animada para ver Lenine e Spok”, afirmou a comerciante Maria das Dores Oliveira. Opinião semelhante tem o eletricista João Souza: “Há 20 anos que eu faço questão de brincar perto de casa. É muito tranquilo, encontro meus amigos e as atrações são ótimas”.



About Redação

Veja também

prefeitura-do-recife-prepara-serie-de-atividades-e-eventos-para-comemorar-os-487-anos-da-cidade

Prefeitura do Recife prepara série de atividades e eventos para comemorar os 487 anos da cidade

Durante o mês de março, a capital vai receber várias atividades nos mais diversos segmentos; …