recife-sedia-encontro-encontro-nacional-urban95

Recife sedia encontro Encontro Nacional Urban95

Iniciativa incorpora as lentes da primeira infância na gestão a partir de ações efetivas em programas e políticas públicas. Evento irá reunir representantes das 27 cidades que compõem a rede (Foto: Edson Holanda)

A cidade do Recife sedia, deste domingo (21) até terça-feira (23), o Encontro Nacional Urban95. Prefeitos, vice-prefeitos, secretários e técnicos das cidades que compõem a Rede Urban95, iniciativa que incorpora as lentes da primeira infância na gestão das cidades, a partir de ações efetivas em programas e políticas públicas, estão trocando experiências, consolidando parcerias e conhecendo programas e serviços que fazem Recife ser uma das capitais brasileiras referência em políticas públicas para a primeira infância. O encontro, que é fechado ao público, reúne representantes dos 27 municípios brasileiros que compõem a rede e acontece em diversos espaços da capital pernambucana, como unidades do Compaz, creches e Praças da Infância, entre outros locais. Na tarde deste domingo, o prefeito do Recife João Campos participou da abertura do Encontro no Paço do Frevo.

“É muito importante esse dia de hoje. A gente está recebendo aqui gestores, prefeitos, vereadores, especialistas do Brasil inteiro para tratar de primeira infância e educação. A gente consolida o Recife como cidade que tem um plano, que tem programas, que tem projetos, que tem um roteiro de diversas áreas diferentes, mas que focam na priorização do que é a primeira infância”, afirmou João Campos. “Quando a gente cuida de quem tem entre 0 e 6 anos a gente consolida esse início de vida e isso garante um futuro melhor para todo mundo. Então, que bom que existe uma rede, que bom que o Recife faz parte dela e que bom que nós estamos recebendo, na nossa cidade, o Brasil para falar disso”, acrescentou.

A programação do encontro prevê momentos de trocas e lições aprendidas entre gestores sobre avanços e desafios na construção de políticas públicas para bebês, crianças e cuidadores. Os representantes ainda vão conhecer equipamentos como o CRIAR – Centro de Referência da Primeira Infância -, planejado para potencializar o desenvolvimento das crianças e oferecer formação para profissionais e cuidadores, e o programa Mãe Coruja Recife, coordenado pela Secretaria de Saúde, mas com ações intersetoriais que oferecem atenção integral à mulher e a sua família durante toda a gestação, parto e puerpério, até os seis anos de idade da criança.

O prefeito de Boa Vista, capital de Roraima, Arthur Henrique esteve presente na abertura do encontro e falou sobre a importância das gestões municipais trocarem informações sobre as experiências exitosas destinadas à primeira infância. “São 27 cidades que fazem parte da rede Urban95 no Brasil. É uma rede internacional de cidades que se comprometem a investir no desenvolvimento da criança, planejando a cidade com foco na criança. Recife é uma referência hoje no Brasil, assim como em Boa Vista. São 10 anos de política pública de primeira infância aqui no Recife, lá em Boa Vista também. É um momento para a gente trocar experiências, a gente pode trazer as nossas experiências para apresentar para a rede aqui, e, sem dúvida nenhuma, conhecer as iniciativas aqui do Recife também”, disse. “Os primeiros encontros aconteceram em Boa Vista, em 2013. Agora no Recife é o primeiro encontro numa cidade grande. E Recife é referência, então a gente vai conhecer grandes iniciativas aqui, muitas delas a gente pretende misturar com as nossas, e assim a gente fazer um país cada vez mais justo, mais feliz para as crianças”, complementou o gestor.

A capital pernambucana foi uma das primeiras cidades brasileiras a ter uma Secretaria Executiva para a Primeira Infância, garantindo governança e sustentabilidade para esta faixa etária, além de ser uma das primeiras capitais a contar com um Plano Municipal da Primeira Infância. Além dos programas já citados, Recife tem investido na construção de Praças da Infância, espaços qualificados em regiões que incentivam o brincar livre e o contato com a natureza, e de bebetecas – espaços de leitura especializados na primeira infância que garantem um lugar para o livre brincar e para o contato com os livros, estimulando a criação e a criatividade.

“Com muita alegria estamos sediando o Encontro Nacional Urban95, que é um projeto que envolve várias cidades do Brasil e outros países. Além dos prefeitos e vice-prefeitos, estamos recebendo neste encontro representantes de diversos municípios do país, aqui no Recife, e teremos uma abertura extraordinária neste domingo, que vai coincidir com a Semana do Bebê do Recife, que este ano comemora dez anos. O encontro da Rede Urban95 é uma oportunidade de debater o fortalecimento de ações voltadas para a primeira infância, não apenas no Recife, mas no Brasil inteiro, mas também é uma grande oportunidade do Recife, que já é uma das grandes referências do país na primeira infância, poder mostrar os seus projetos na área, como é o caso do CRIAR, do Infância na Creche, programa que está permitindo o Recife dobrar a oferta de vagas em creche, do Mãe Coruja Recifense, das praças da infância, dos laboratórios de formação da primeira infância, e do trabalho que é feito na rede do Compaz. São projetos que teremos a oportunidade de mostrar para o Brasil inteiro e para todos esses representantes que irão nos visitar nos próximos dias”, comentou o secretário de Educação do Recife, Fred Amancio. 

Além das cidades que compõem a Rede, participam do evento representantes da idealizadora da Urban95, a Fundação Van Leer, do realizador da iniciativa no Brasil, o CECIP Centro de Criação de Imagem Popular, e dos parceiros técnicos Estúdio 1, Espaço Àra, Alana, Allma, Ateliê Navio, Descobrir Brincando, Lab da Cidade, Coletivo Mãos, Ikone e Coletivo Taboa.

O Encontro Urban95 é organizado pela Fundação Van Leer em parceria com a prefeitura de Recife e a Agência Recife para Inovação e Estratégias (ARIES), com apoio logístico do CECIP Centro de Criação de Imagem Popular.

URBAN95 – É uma iniciativa internacional da Fundação Van Leer que visa incluir a perspectiva de bebês, crianças pequenas e seus cuidadores no planejamento urbano, nas estratégias de mobilidade e nos programas e serviços destinados a eles. Gestores públicos e técnicos recebem apoio e capacitação sobre formas de contribuir com o desenvolvimento integral das crianças a partir da experiência das cidades, identificando e atuando nos territórios onde os bebês e suas famílias estão, em especial aqueles mais vulneráveis. A iniciativa visa incorporar as lentes da primeira infância na gestão das cidades, a partir de ações efetivas que promovam interações positivas, contato com a natureza nos espaços urbanos, proximidade entre serviços e mudanças duradouras nos cenários que moldam os primeiros anos da vida de nossos cidadãos.

About Redação

Veja também

prefeitura-do-recife-divulga-lista-com-artesas-classificadas-na-segunda-fase-para-participarem-da-fenearte

Prefeitura do Recife divulga lista com artesãs classificadas na segunda fase para participarem da Fenearte

O resultado final será divulgado no dia 28 de maio  A Secretaria da Mulher divulgou …