Projeto Inclusão é Vida promove ações de inclusão social à famílias atípicas

Promover a inclusão social de crianças e adolescentes autistas é o que visa o projeto Inclusão é Vida, idealizado, pela psicopedagoga Cinthia Cardoso, que está à frente da Nuno Desenvolvimento, clínica, consolidada no mercado há dez anos.

O Projeto Inclusão é Vida tem formato itinerante e tem como objetivo, garantir o acesso inclusivo de famílias atípicas em eventos.

De acordo com Cinthia Cardoso que é mãe de Nuno, de 15 anos e tem autismo, muitas vezes, essas famílias enfrentam dificuldades para encontrar locais que ofereçam suporte necessário para criar um ambiente inclusivo para os autistas.

“ E o Inclusão é Vida, proporciona esse momento para as mães e crianças autistas, levando todo o suporte necessário, promovendo um momento de diversão e interação para pessoas, que apresentam essa condição, na sociedade” , destacou Cinthia Cardoso

A psicopedagoga e idealizadora do projeto, Cinthia Cardoso explicou que, as ações do Inclusão é Vida são gratuitas, sem qualquer ônus para as famílias atípicas e para os parceiros.

“ Sempre levamos interprete de Libras, terapeutas de Suporte , abafadores entre outros, para que possam aproveitar da melhor forma. Nosso projeto existe há mais de dois anos e já participamos de ações como o Natal do Shopping RioMar com o Coral Nuno, do Carnaval Inclusivo também no Shopping RioMar, Sessões invlusivas em outros espaços com circos, teatros, entre outros”, informou Cinthia, acrescentando que esse ano, o projeto realizará um mutirão de serviços e participará de grandes eventos oferecerendo suporte para que este público participe.

A programação das Ações Inclusivas do Projeto Inclusão é Vida da Clinica Nuno podem ser acompanhadas, pelo instagram @nunodesenvolvimento.

About Redação

Veja também

clarissa-tercio-reune-em-jaboatao,-filiados-para-a-eleicao-do-diretorio-municipal-do-pp

“Cafundiu”: Clarissa erra nome de festa tradicional e mostra estar mais perdida que cego em tiroteio

Por Luiz Gonzaga Jr – Hoje Pernambuco “Enterrou a padroeira ! Desconhecimento total “, foi …