prefeitura-do-recife-recebe-selo-de-cidade-inteligente-no-csc-gov-tech

Prefeitura do Recife recebe Selo de Cidade Inteligente no CSC Gov Tech

A premiação aconteceu no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo, no encontro que discutiu soluções digitais no setor público. 

Um Selo reafirma o Recife como uma das principais capitais da inovação no Brasil. A Prefeitura do Recife foi premiada na noite da última segunda-feira (29), no Connected Smart Cities GovTech, considerado um dos maiores encontros de soluções digitais para o setor público. O Selo avalia ações e nível de envolvimento das cidades brasileiras em 6 dimensões, sendo 5 de caráter autodeclarado e um considerando o resultado das cidades nas últimas edições do Ranking Connected Smart Cities. O anúncio foi feito no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo (SP). 

“Estamos muito felizes por mais um reconhecimento que estamos recebendo. Todas as premiações são fruto de um trabalho em que muitas pessoas estão envolvidas e estão na linha de frente da transformação digital do Recife. O Gov Tech é um evento muito importante, nacionalmente, e vamos levar este selo com muita alegria e com a certeza que estamos no caminho certo na democratização e digitalização dos serviços públicos municipais, dando acesso ao cidadão recifense”, pontua Bernardo D’Almeida, diretor-presidente da Empresa Municipal de Informática do Recife (Emprel).

Além de receber a premiação, a equipe da prefeitura, por meio da Emprel, está com um estande no local, apresentando os principais projetos de inovação aberta da cidade para gestores de outros municípios do país e que fazem parte da esteira de negociação da loja de soluções da Emprel, que pode ser acessada pelo endereço eletrônico: https://solucoes.emprel.gov.br/

“Tivemos a participação em 4 painéis, falando sobre Inovação Aberta, Soluções em Iot para Cidades Inteligentes,  Acessibilidade inclusão e Cidadania Digital e um painel da ANCITI sobre Cidades inteligentes’, completa Bernardo D’Almeida. Esta é a 2° edição do CSC Gov Tech, que é um evento para incentivar a governança de ambientes de inovação e reconhecer as boas práticas em cidades inteligentes, uma iniciativa da Plataforma Connected Smart Cities em parceria com a Exxas.

A comitiva da capital pernambucana também foi representada por Joana Florêncio, secretária de Desenvolvimento Econômico do Recife (SDEC), Viviane Kawashima, secretária executiva de Ciência, Tecnologia e Inovação, Breno Alencar, diretor de Inovação Aberta e Governança de Dados da Emprel, Evisson Lucena, gerente geral de Inovação Aberta da SDEC, e Homero Cavalcanti, gerente de Tecnologia em Saúde da Emprel.

Lista de algumas soluções do Recife apresentadas no evento:

Absens – (redireciona as oportunidades remanescentes das faltas em consultas e exames médicos de média e alta complexidade a partir de uma comunicação direta com os pacientes); 

Integra.aí – (ferramenta de gestão que otimiza os encaminhamentos médicos na Rede Municipal de Saúde auxiliando o preenchimento com informações mais consistentes dos prontuários médico e integração dos dados com o e-SUS e SISREG, por exemplo); 

Vamoo – une lazer e esporte para promover a saúde. Aqui o foco é o estímulo à prática de exercícios físicos mobilizando a comunidade por meio de uma plataforma digital intuitiva, simples e eficiente; 

Supervisão – a solução permite a coleta de dados sobre a qualidade das vias públicas em tempo real, integração com outros sistemas e possibilidade de envio de ordem de serviço automática, auxiliando a gestão a planejar e executar melhor os recursos públicos da cidade. 

Saúde Conectada – solução para facilitar o acesso aos dados de saúde do paciente e o registro dos profissionais da área mantendo o histórico médico de cada pessoa usuária do Sistema Municipal de Saúde;

Regulação da Saúde da Sua Cidade – a ferramenta permite organizar as informações de maneira padronizadas permitindo o acesso da população aos serviços de saúde de maneira mais fácil e simples;

Prontuário Eletrônico de Saúde – o sistema permite a modernização da ferramenta de rotina de trabalho das equipes médicas, que são os prontuários médicos. Assim não há a necessidade de uso do papel evitando perdas dos conteúdos sobre a saúde dos pacientes e podendo ser acessado digitalmente pelas equipes de saúde. 

About Redação

Veja também

novotel-recife-realiza-processo-seletivo-com-candidatos-captados-pelo-go-recife-e-agencia-de-emprego-do-recife

Novotel Recife realiza processo seletivo com candidatos captados pelo GO Recife e Agência de Emprego do Recife

Na manhã desta segunda-feira (17), 25 mulheres recifenses participaram de processo seletivo para integrar o …