‘lounge-da-acessibilidade’-garante-inclusao-no-sao-joao-de-petrolina-(pe)

‘Lounge da Acessibilidade’ garante inclusão no São João de Petrolina (PE)

Foto: Deivid Menezes




Inclusão. Essa é a proposta do ‘Lounge da Acessibilidade’ no São João de Petrolina. O projeto da Prefeitura Municipal através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDESDH), oferece 20 vagas diariamente para que pessoas com deficiência possam participar da festa gratuitamente no camarote, com conforto e segurança.

As vagas foram disponibilizadas através de inscrição, e cada pessoa pode escolher o dia de sua preferência, além de ter o direito a um acompanhante. Erika Alves da Silva é deficiente visual e escolheu a noite desta quarta-feira (22) para curtir o São João de Petrolina. Acompanhada do marido, Milton Pereira de Carvalho Filho, também deficiente visual, o casal curtiu e se emocionou ao som de Dorgival Dantas e Jorge e Matheus, dos quais são fãs.

“Minha experiência foi maravilhosa, principalmente pela ótima estrutura do evento. É preciso ressaltar a importância de termos direito a acompanhante para que haja acesso de forma plena aos serviços, principalmente para nós, pessoas cegas. Também destaco a importância do poder público nos inserir nos espaços públicos e privados, demonstrando para a sociedade que somos todos iguais”, destacou Erika.

A secretária da SEDESDH, Doriane Secchi Mascarelo, destaca a importância de projetos como o ‘Lounge da Acessibilidade’. “Prover uma cidade mais inclusiva é um dos compromissos do prefeito Simão Durando. O poder público precisa garantir que as pessoas com deficiência tenham acesso aos espaços, e isso inclui grandes eventos como o São João de Petrolina”, afirmou.

Essas informações são da Ascom – Prefeitura Petrolina



About Redação

Veja também

carmen-lucia-pede-que-pgr-avalie-se-bolsonaro-cometeu-crime-no-caso-de-milton-ribeiro

Cármen Lúcia pede que PGR avalie se Bolsonaro cometeu crime no caso de Milton Ribeiro

FOTO: CATARINA CHAVES/MEC A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu que a …

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: