em-olinda,-programa-prevenir-e-cuidar-ja-registra-mais-de-2,5-mil-pessoas-beneficiadas

Em Olinda, programa Prevenir é Cuidar já registra mais de 2,5 mil pessoas beneficiadas

Trabalho de conscientização e saúde é focado no apoio às pessoas com dependência química

Publicado por: Marcílio Albuquerque, em: 06/05/24 às 17:11

O programa Prevenir é Cuidar, desenvolvido pela Prefeitura de Olinda, segue avançando com políticas de conscientização e saúde, integrando uma rede de apoio destinada às pessoas com dependência química. Entre os meses de março e abril, a iniciativa alcançou mais de 2,5 mil pessoas, em uma série de ações que inclui palestras nas escolas, atendimentos nos bairros e acolhimentos à população de rua.

A iniciativa, capitaneada pela Secretaria Executiva de Políticas sobre Drogas, já aportou em mais de 10 pontos da cidade, incluindo as comunidades da Manchete e da Ilha do Maruim, além de intervenções na Orla e na Praia do Carmo. O trabalho desenvolveu também parcerias com municípios vizinhos, possibilitando encaminhamentos para um número ainda maior de comunidades terapêuticas.

O programa também passou a contar com uma coordenação pedagógica, atuando com oficinas e possibilitando o conhecimento desde a infância. A atuação  vem se estendendo nos postos de saúde, associações, policlínicas e instituições religiosas. A estratégia disponibiliza canais de atendimento, através do telefone (81) 99974-3764 ou pelo endereço eletrônico: linhadocuidadosepod@gmail.com. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.

⇒ Confira alguns serviços de atendimento:

Menores:


Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Serviço de Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (PAEF) e Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), todos no Bairro Novo.


Conselhos Tutelares: Região I – (Peixinhos), Região II – (Varadouro), Região III – (Rio Doce)

Adultos:


Centros de Atenção Psicossocial (CAPS AD), no Bairro Novo e (CAPS Transtornos), em Rio Doce.

População em situação de rua:


Centro POP, no Varadouro


Consultório de rua, CAPS AD, Bairro Novo e CAPS Transtornos, em Rio Doce, além do CAPS in, da Secretaria de Saúde de Olinda

Fonte: Assessoria de Imprensa
Prefeitura Municipal de Olinda

About Redação

Veja também

meio-ambiente-de-olinda-e-governo-do-estado-estreitam-lacos-para-projetos-futuros

Meio Ambiente de Olinda e Governo do Estado estreitam laços para projetos futuros

Reunião nesta sexta-feira (17) planejou algumas ações, e Olinda busca mais recursos Publicado por: Pedro …