tour-gastro-por-santa-teresa-no-rio-de-janeiro,-vamos-nessa?

Tour Gastrô por Santa Teresa no Rio de Janeiro, vamos nessa?

Neste post, vamos falar sobre nossa experiência gastronômica pela cidade maravilhosa, mais especificamente pelo bairro de Santa Teresa, que é um cantinho único do Rio de Janeiro. Acompanhe  gente também no Instagram, onde você pode receber várias dicas de viagem e conhecer paisagens incríveis! É só clicar AQUI!

Começamos o tour pelo Bar do Mineiro, que tem a cara daqueles botecos tipicamente cariocas. Mobília de madeira, paredes cheias de objetos de decoração e muitas fotos homenageando grandes nomes da Música Popular Brasileira, alguns deles dos que já estiveram na casa. O restaurante oferece a tradicional feijoada, carro chefe da casa, além carne seca com abóbora (provei e é super bem servido), filé de pescada com salada, tutu a mineira com carré e couve, filé de frango com fritas, carne assada com farofa e fígado acebolado com farofa. Todos os pratos saem acompanhados de arroz e feijão.

Escreva a legenda aqui

Esse é imperdível principalmente para quem gosta de comida nordestina, se for pernambucano então tá feito! O Café do Alto espaço amplo, dispõe de dois salões e você ainda pode consumir na calcada onde tem umas banquetas. O local tem a cara de Pernambuco, não à toa: o dono é da terrinha do frevo. O estabelecimento conta com diversos itens de nossa cultura decorando a casa, a exemplo da pintura de cordel. Além dos quadros, as paredes ganham também cardápio feito no giz. Tem uma vibe ótima.

Escreva a legenda aqui

Cardápio bem variado sob o reinado da comida nordestina, vamos conferir? Pra forrar: bruch porreta (rodízio de café da manhã nordestino com mais de 30 itens para comer e beber à vontade). E pode fazer a encomenda por delivery, só precisa garantir até às 18h da véspera do pedido. O Arretado vem com cuscuz de milho, ovo mexido com carne seca, macaxeira orgânica cozida, queijo coalho grelhado, bolo de milho cremoso e duas bebidas (café, leite ou chá gelado). No quesito avulsos, cuscuz de milho, queijo coalho, banana frita, ovos, etc. Para lanche, burguer e tapioca; para petiscar vale a pena provar o bolinho de camarão (massa de macaxeira, 04 unidades); grude (10 dadinhos de queijo coalho com tapioca servidos com geleia picante de tamarindo); etc. No menu de refeições, matulão (3 opções diferentes cada mês, incluindo sempre uma opção vegana); baião de 2 vegano, rubacão, feijoada, e tem a opção pirraia (infantil) com frango grelhado ou à milanesa, arroz, feijão e banana empanada.

Escreva a legenda aqui

Bem juntinho do Café do Alto, outra opção imperdível se gosta de comer bem. É o Portella Bar. Espaço amplo e sempre muito movimentado, conquista o cliente logo na chegada pelo ótimo atendimento. A vibe é bem bacana, pra você ter uma ideia os garçons costumam mandar ver no gogó cantando ao vivo em participações do grupo musical que estiver se apresentando. Diversão garantida!

O menu é enorme e difícil vai ser decidir o que comer. Se gostar de entradinha vale a pena pedir a porção de bolinho de bacalhau (uma delícia), sai na porção inteira (8 unidades) ou meia. E se quiser continuar na entradinha vá no caldo de camarão com lula: foi simplesmente o melhor que já tomei na vida! Agora, lembre-se que a porção é bem servida então se ficar nas entradinhas pode não conseguir seguir adiante com a refeição propriamente dita. 

Escreva a legenda aqui

O menu atende também o público vegano, oferecendo por exemplo o executivo vegano (feijão fradinho, arroz e purê de jerimum) ou a chapa vegana (aipim, abóbora, cenoura, berinjela, abobrinha, pimentão colorido, cebola e alho), além da moqueca vegana, do escondidinho vegetariano e das saladas. Para petiscar, portadella (pastel de massa folhada, recheada de mortadela temperada, catupiry e pistache); dadinho de tapioca com queijo coalho e geleia de pimenta; bolinho de baião de dois, pastel de bobó de camarão e os caldinhos.

No menu de pratos, escondidinho de jabá (gratinado na hora), escondidinho de camarão, arroz carreteiro, arrumadinho, carne de sol na chapa, picanha grelhada, além da famosa feijoada, servida com arroz, couve, torresmo, bisteca, laranja e pimenta. Pode sair na versão inteira ou meia. E tem ainda filé de frango, filé de peixe, bobó de camarão, entre outras opções à base de frutos do mar. O Portella fica bem na praça do Largo do Guimarães, junto da estação onde para o bondinho de Santa Teresa e é fervo dos turistas que visitam o local ou estão hospedados ali. A galera mais cult se joga por lá, costumam ir muitos atores, artistas plásticos, o pessoal que movimenta a cultura. Tem 11 anos em funcionamento e a marca Portella já soma meio século, homenageando o fundador Juraci Portella. A casa onde funciona é de 1887 e a maioria do público é de turistas, antes da pandemia 90% era tomado pelos estrangeiros, hoje predomina turista do Brasil de norte a sul. Tem música ao vivo todos os dias e só não abre nas terças-feiras. A casa tem capacidade para 130 pessoas e está sempre bem cheia. Bom pra fazer refeição, lanche ou aquele happy hour no melhor estilo carioca de ser.

Escreva a legenda aqui

Encerramos nosso tour gatronômico no Tribas Pizza, como excelente opção de jantar. Você pode pedir apenas a fatia, servida num balcão ao lado do salão da pizzaria ou sentar-se à mesa e degustar a melhor pizza da região. Elas saem em dois tamanhos, grande (8 fatias) e individual (4 fatias). Na grande, você pode pedir dois sabores. Chama atenção o atendimento da casa (de excelência), o requinte e a preocupação em agradar o cliente nos detalhes. Por todo salão, mesas e cadeiras estão espalhadas pétalas de rosa que deixam o aroma do lugar uma delícia. A vibe é ótima e foi trazida de outro destino incrível que é Floripa, os donos são de lá e a casa passa essa energia de bons ventos! Funciona há mais de 10 anos em Santa Teresa, sendo cinco deles no atual endereço. Você pode escolher o tipo de massa da pizza (tradicional da casa ou sem glúten). A feita na casa é produzida 100% com farinha orgânica, 50% integral, hidratada com batata doce e linhaça. Para entrada, saladas, foccacia, sanduíche de costela. A casa serve também massas.

                Escreva a legenda aqui

Nas opções de pizza, três marias especial (molho tribas, muçarela de búfala, cogumelos defumados, gorgonzola, granapadano, geleia de pimenta, gersol e orégano); Caprese Vegana (molho tribas, quejo de castanha da casa, tomate cereja,, azeitonas, pretas, pesto da casa e orégano); peperoni, frango caipira, quatro queijos, portuguesa da casa, marguerita, calabresa, etc. Das opções doces, doce de banana (muçarela e doce de leite); charge (chocolate da casa, doce de leite e amendoim), doce de pico (chocolate branco, abacaxi e raspas de limão), gente fui nesta última e é simplesmente imperdível! Melhor pizza doce da vida! Ah, detalhe que o chocolate que eles usam vem de Gramado (RS) hein! Para beber, a casa serve vinhos, tônicas orgânicas, sucos da casa, cervejas artesanais, etc.

Escreva a legenda aqui

O salão funciona de terça à domingo, das 18h à meia-noite.O atendimento de fatias no balcão ao lado também abre nas segundas-feiras e sempre das 18h à 01h. Ah, você pode também pedir por delivery, eles atendem o bairro de Santa Teresa e também a Zona Sul do Rio. A gente tem uma reportagem bem bacana sobre vários passeios pelo Rio de Janeiro, quer conferir? É só clicar AQUI!

Veja também

Fonte: Folha PE
Autor: Fabiano Antunes



About Redação

Veja também

beach-park-anuncia-novo-empreendimento:-ohana-beach-park-resort

Beach Park anuncia novo empreendimento: Ohana Beach Park Resort

Já imaginou passar férias de frente para o mar, no aconchego de uma casa de …

%d blogueiros gostam disto: