pros-pe-se-ancora-em-decisao-tre,-apoia-danilo-e-preve-novo-reves-na-nacional

PROS-PE se ancora em decisão TRE, apoia Danilo e prevê novo revés na nacional

A convenção do PROS em Pernambuco já havia sido realizada na manhã desta sexta-feira (05) quando nova decisão proferida pelo ministro Ricardo Lewandowski, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou o retorno, mais uma vez, de Eurípedes Júnior, ao comando nacional da sigla. Ainda, no entanto, que a convenção não tivesse sido concluída no Estado e que ata já não tivesse sido enviada, dizem representantes locais da legenda, a direção do partido no plano local estaria assegurada a Bruno Rodrigues.

Na legenda, se recorre à decisão da desembargadora Mariana Vargas, do TRE-PE, para se endossar essa certeza. Nesta quinta-feira (04), ela deferiu pedido de liminar, como a coluna registrara, determinando “imediata suspensão do ato que dissolveu a comissão do PROS em Pernambuco, revalidando a vigência da anterior composição”.

Membros do PROS chamam atenção para o fato de que, além de assegurar o comando da sigla no a Bruno Rodrigues, a decisão do TRE estampa que Eurípedes não tem competência para afastar Bruno da direção estadual, porque não teria concedido “o amplo direito de defesa e contraditório”, como prevê o artigo 61 do Estatuto do PROS. Nesse caso, Bruno Rodrigues, participou da convenção da Frente Popular, nesta sexta-feira (05), assegurando o apoio da sigla a Danilo Cabral, candidato ao Governo do Estado.

O detalhe é que o mesmo não pode ser adotado em relação à Teresa Leitão, pré-candidata ao Senado, porque, nacionalmente, quando Marcus Holanda estava à frente da sigla, após retomar a presidência de Eurípedes, se deu uma orientação no sentido de proibir coligação com o PT nos Estados. Há uma expectativa no PROS de que, até a próxima terça-feira (09), a decisão de Lewandowski seja derrubada e de que o comando da sigla seja devolvido a Marcus Holanda. Por essa razão, o PROS tomou a decisão de apoiar, ainda que informalmente, o nome lançado pelo PP ao Senado, Antônio Mário, já que a candidata da Frente Popular à Casa Alta, Teresa Leitão, é do PT. 

Polêmica Jurídica


Na Frente Popular, a decisão do PP de lançar uma candidatura avulsa ao Senado gerou, nos bastidores, uma polêmica jurídica. O PSB não foi avisado de antemão do movimento e as dúvidas sobre os reflexos disso adentraram pelo meio tarde. Passou-se a questionar se essa iniciativa, pensada de forma que abatesse o tempo de TV só de Teresa Leitão, não poderia, de alguma forma, prejudicar também o PSB. Como a coluna antecipara, o PP lançou Antônio Mário para o Senado nesta sexta-feira (05).

No limite > Eduardo da Fonte marcou presença na convenção da Frente Popular, que lotou o Clube Português e reuniu representantes dos nove partidos da aliança. No limite, no entanto, o PSB saírá em solidariedade a Teresa Leitão e ao PT, caso haja entrave jurídico sobre candidato do PP ao Senado.

Prazo para… > Na próxima terça-feira (9), o Centro Cultural Cais do Sertão recebe a IV Conferência Brasileira de Mudança do Clima. No palco principal do evento, estará o Climate Clock, o Relógio Climático que funciona como um cronômetro regressivo para mostrar a rapidez com que o planeta está se aproximando de 1,5°C de aquecimento global e a quantidade de CO emitida até o momento. Cientistas consideram a situação do planeta emergencial, caso os países não tomem atitudes imediatas para diminuir a rapidez do Relógio Climático.  

…salvar o planeta > A Conferência, coordenada pelo Instituto Ethos, contará com as participações de Inamara Melo, secretária de Meio Ambiente do Estado de Pernambuco; Izabella de Roldão, vice-prefeita do Recife e Carlos Cavalcanti, diretor de Meio Ambiente do Complexo Industrial e Portuário de Suape, em painel que discutirá os principais instrumentos desenvolvidos por governos e pela iniciativa privada em Pernambuco para o enfrentamento da mudança do clima. 

Veja também

Fonte: Folha PE
Autor: Renata Bezerra de Melo

About Redação

Veja também

stf-mantem-compensacao-a-profissional-de-saude-incapacitado-por-covid

STF mantém compensação a profissional de saúde incapacitado por Covid

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por unanimidade, negar um recurso da Presidência …

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: