prefeitura-do-recife-promove-acao-de-saude-bucal-no-bairro-da-soledade,-nesta-sexta-(13)

Prefeitura do Recife promove ação de saúde bucal no bairro da Soledade, nesta sexta (13)

Conscientização faz parte de uma série de eventos em alusão ao Dia Internacional de Combate à LGBTfobia, no dia 17 de maio

A Prefeitura do Recife promove, nesta sexta-feira (13), uma ação com foco na saúde bucal, no bairro da Soledade, área central da cidade. O evento “Boca Saudável, Beijo Colorido” acontece no Instituto Boa Vista (IBV), das 18h às 21h, e faz parte de uma série de encontros com foco no Dia Internacional de Combate à LGBTfobia, celebrado no dia 17 de maio. No local, os profissionais da Secretaria de Saúde (Sesau) municipal vão levar orientações sobre lesões na boca, distribuir kits de higiene e promover oficina de autoavaliação, entre outros serviços. Além do IBV, há parceria com o Conselho Regional de Odontologia de Pernambuco.  

Os usuários também receberão orientação acerca dos serviços de saúde e cidadania para a população LGBTQIA do Recife, aconselhamento e testes para Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) – serão fornecidos 240 exames, sendo 60 de cada (sífilis, HIV, hepatite B e C). Nos casos em que o resultado dá positivo, há instrução e encaminhamento para tratamento na rede municipal de saúde. Na atividade, ainda serão distribuídos preservativos, sachês de gel lubrificante e materiais educativos sobre ISTs.  

“Queremos alcançar o público LGBT que estará circulando pelo centro do Recife na noite desta sexta, que é um dia de maior movimento, principalmente nos espaços de lazer próximo ao local onde vamos ofertar os serviços. Entendemos que acessar saúde, serviços e informações são formas de minimizar a violência estrutural que essa população sofre na sociedade. E é um compromisso da Secretaria de Saúde pensar e estruturar espaços que possam ofertar acolhimento, educação em saúde e cuidado”, detalha a coordenadora da Política de Atenção Integral à Saúde da População LGBT do Recife, Dayane Alves. 

Também nesta sexta-feira, às 9h, haverá uma outra ação de saúde no Ambulatório LGBT Patrícia Gomes, que funciona na Policlínica Lessa de Andrade, na Madalena. Com o tema “A sua voz importa”, os profissionais da Sesau levarão cuidados e orientações vocais para mulheres travestis e transexuais.  

Já no próximo dia 24, às 14h, será ministrada a oficina de Saúde LGBTQIA no Centro de Atenção Psicossocial Renê Ribeiro, em Afogados. O momento, voltado para os profissionais de saúde do município, tem o objetivo de ofertar educação permanente e dialogar sobre gênero e sexualidade, os conceitos de orientação sexual e identidades de gênero. Além disso, serão apresentadas as legislações que asseguram os direitos da população LGBTQIA , a rede especializada de saúde voltada para este público e o acolhimento dessa população nos diversos serviços municipais de saúde e debater as dúvidas e os desafios do trabalho e o cuidado à população LGBTQIA . 

SAÚDE LGBT – Para promover a saúde integral de lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e travestis, a Prefeitura instituiu, em 2015, a Política de Atenção à Saúde da População LGBT do Recife, que, entre outras ações, inclui abertura de espaços de referência para o acolhimento e cuidado com a saúde desse público, como o Ambulatório LGBT Patrícia Gomes e o Ambulatório LBT do Hospital da Mulher do Recife. Mais de 1.200 profissionais das Unidades de Saúde da Família e de Centros de Atenção Psicossocial já passaram por capacitações e sensibilização em sexualidade, gênero e saúde da população LGBT. Um dos objetivos da política é combater o preconceito institucional e promover uma saúde livre de discriminação contra a população LGBT.

AMBULATÓRIO LGBT – O Ambulatório LGBT Patrícia Gomes, na Policlínica Lessa de Andrade, foi aberto pela Sesau Recife em 2017, sendo o primeiro ligado à Atenção Básica em Pernambuco. De segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, os pacientes são assistidos por equipe multiprofissional formada por médicos e psicóloga, além de residentes do Programa Multiprofissional de Saúde da Família. O serviço, que tem capacidade em torno de 100 atendimentos por semana, considerando os profissionais citados, oferece exames clínicos e processo transexualizador ambulatorial (hormonização), adequado à necessidade do usuário e da usuária. Além desses serviços, a partir de outubro de 2021, o ambulatório passou a ofertar o acompanhamento da Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) de risco à infecção pelo HIV que consiste no uso preventivo de medicamentos antirretrovirais antes da exposição sexual ao vírus, para reduzir a probabilidade de infecção pelo HIV.

AMBULATÓRIO LBT – Já o Ambulatório LBT do Hospital da Mulher do Recife, no Curado, foi inaugurado em 2016 e atende mulheres lésbicas, bissexuais e transexuais. A mulher pode conhecer o serviço e ter acesso à entrevista social, sem necessidade de marcação prévia. Para isso, basta se dirigir ao HMR, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. O atendimento da ginecologia acontece nas segundas e quartas-feiras. Para além do atendimento médico, é possível ter acesso ao serviço de psicologia e outras especialidades ofertadas no Hospital. É importante lembrar que só são atendidas pacientes munícipes do Recife.

About Redação

Veja também

populacao-em-situacao-de-rua-participa-de-exposicao-e-lancamento-de-cartilha-no-teatro-apolo

População em situação de rua participa de exposição e lançamento de cartilha no Teatro Apolo

Evento, que aconteceu nesta terça-feira (17), foi o fechamento de oficinas de Formação Política e …

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: