prefeitura-do-recife-oferece-curso-de-hormonioterapia-para-medicas-e-medicos-da-rede-municipal-de-saude

Prefeitura do Recife oferece curso de hormonioterapia para médicas e médicos da Rede Municipal de Saúde

Formação acontece nos dias 28 e 29 de junho, no Auditório da Policlínica Lessa de Andrade, na Madalena

Nestas terça (28) e quarta-feira (29), a Secretaria de Saúde (Sesau) do Recife, por meio da Coordenação de Atenção à Saúde Integral da População LGBT, vai promover o 2º Curso de Hormonioterapia para médicas e médicos da Estratégia de Saúde da Família (ESF). A formação, que vai acontecer das 8h às 17h na Policlínica Lessa de Andrade, na Madalena, tem o objetivo de treinar os profissionais para promover uma atenção integral e centrada na pessoa, respeitando sua autonomia e despatologizando as identidades transexuais. O curso é uma parceria do Ambulatório LGBT Patrícia Gomes, do Núcleo de Educação Permanente em Saúde (NEPS) e da Escola de Saúde do Recife (ESR).

O curso, que tem formato presencial, com uma carga-horária total de 8 horas, tem o intuito de aumentar o número de profissionais médicos que possam ofertar o acompanhamento da terapia hormonal para a população trans na Estratégia de Saúde da Família. A ideia da formação é também fortalecer as Equipes de Saúde da Família em sua capacidade de dar respostas a pessoas transexuais que chegam às Unidade de Saúde da Família (USF). 

Para promover a saúde integral de lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e travestis, a Prefeitura instituiu, em 2015, a Política de Atenção à Saúde da População LGBT do Recife, que, entre outras ações, inclui abertura de espaços de referência para o acolhimento e cuidado com a saúde desse público, como o Ambulatório LGBT Patrícia Gomes e o Ambulatório LBT do Hospital da Mulher do Recife. Mais de 1.200 profissionais das Unidades de Saúde da Família e de Centros de Atenção Psicossocial já passaram por capacitações e sensibilização em sexualidade, gênero e saúde da população LGBT. Um dos objetivos da política é combater o preconceito institucional e promover uma saúde livre de discriminação contra a população LGBT.

AMBULATÓRIO LGBT – O Ambulatório LGBT Patrícia Gomes, na Policlínica Lessa de Andrade, foi aberto pela Sesau Recife em 2017, sendo o primeiro ligado à Atenção Básica em Pernambuco. De segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, os pacientes são assistidos por equipe multiprofissional formada por médicos e psicóloga, além de residentes do Programa Multiprofissional de Saúde da Família. O serviço, que tem capacidade em torno de 100 atendimentos por semana, considerando os profissionais citados, oferece exames clínicos e processo transexualizador ambulatorial (hormonização), adequado à necessidade do usuário e da usuária. Além desses serviços, a partir de outubro de 2021, o ambulatório passou a ofertar o acompanhamento da Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) de risco à infecção pelo HIV que consiste no uso preventivo de medicamentos antirretrovirais antes da exposição sexual ao vírus, para reduzir a probabilidade de infecção pelo HIV.

AMBULATÓRIO LBT – Já o Ambulatório LBT do Hospital da Mulher do Recife, no Curado, foi inaugurado em 2016 e atende mulheres lésbicas, bissexuais e transexuais. A mulher pode conhecer o serviço e ter acesso à entrevista social, sem necessidade de marcação prévia. Para isso, basta se dirigir ao HMR, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. O atendimento da ginecologia acontece nas segundas e quartas-feiras. Para além do atendimento médico, é possível ter acesso ao serviço de psicologia e outras especialidades ofertadas no Hospital. É importante lembrar que só são atendidas pacientes munícipes do Recife.

SERVIÇO 

II Curso de Hormonioterapia para médicas e médicos da Estratégia de Saúde da Família

Data: 28 e 29 de junho, das 8h às 17h 

Local: Auditório da Policlínica Lessa de Andrade, Estrada dos Remédios, 2416, Madalena

About Redação

Veja também

prefeitura-do-recife-avanca-nas-obras-de-contencao-de-encostas

Prefeitura do Recife avança nas obras de contenção de encostas

Mais duas barreiras estão com obras em curso no Ibura e no Córrego do Jenipapo. …

%d blogueiros gostam disto: