Instituto Simplex Repudia Notícia de Falsa Pesquisa usando seu nome em Jaboatão. “A Simplex repudia veementemente a divulgação de notícias falsas usando o nome do nosso instituto”

A Simplex, renomada instituição de pesquisa, emitiu uma nota de repúdio veemente após ser vítima de uma notícia falsa espalhada pela internet sobre uma suposta pesquisa na cidade do Jaboatão dos Guararapes. A imagem, que começou a circular na manhã desta quinta-feira, 21 de março, colocava o pré-candidato Elias Gomes, do Partido dos Trabalhadores (PT), em vantagem na disputa eleitoral.

No entanto, o Instituto Simplex negou categoricamente a existência de qualquer pesquisa realizada na cidade e classificou a informação como “FAKENEWS”, destacando a importância da verificação de fontes e da responsabilidade na disseminação de informações.

“ A Simplex repudia veementemente a divulgação de notícias falsas usando o nome do nosso instituto. Não fizemos pesquisa em Jaboatão dos Guararapes nesses dias, nem fomos contratados pelo PL para tal. Reiteramos o compromisso com a verdade e mantendo a credibilidade conquistada ao longo desses anos na aferição de cenário político” finalizou a nota do Instituto em seu Instagram oficial.

Até o fechamento desta matéria, nem o pré-candidato Elias Gomes (PT) que teve seu nome citado na pesquisa, nem o prefeito Mano Medeiros, também citado e nem Clarissa Tércio, outra citada na pesquisa, comentaram o caso. Além deles, os presidentes dos partidos da federação também não se pronunciaram sobre o caso.

No entanto, um dos pré-candidatos mencionados na pesquisa falsa, Daniel Alves, do partido Avante, divulgou uma nota alertando da pesquisa falsa divulgada. Questionado sobre qual pesquisa ele se referia, o mesmo disse : “É da notícia falsa da pesquisa do instituto Simplex que eu estou falando” finalizou Daniel.

Após essa “bronca”, chegou a informação a esse portal que o Instituto tomaria medidas legais contra o mentor da divulgação da notícia falsa. A instituição já “estaria” de posse de comprovações sobre a disseminação maliciosa da informação, e utilizaria essas provas para buscar justiça e reparação pelos danos causados à sua reputação.

Até o momento, não tivemos oficialmente contato com o instituto para confirmar a informação.

O caso ressalta a importância da vigilância e da responsabilidade na era da informação digital, onde a disseminação de notícias falsas pode ter consequências sérias para a integridade do processo democrático e para a reputação de instituições e indivíduos.

O Instituto Simplex reafirmou em sua nota o “compromisso com a verdade e com a transparência.”

About Redação

Veja também

projeto-ruas-e-sabores-inscreve-ate-esta-sexta

Projeto Ruas e Sabores inscreve até esta sexta

Projeto Ruas e Sabores inscreve até esta sexta Iniciativa promove capacitação para empreendedores que trabalham …