inscricoes-abertas-para-os-seis-editais-do-recife-virado-na-cultura

Inscrições abertas para os seis editais do Recife Virado na Cultura

Reunindo investimento direto do poder público municipal e recursos da segunda etapa da Lei Aldir Blanc, editais irão assegurar mais de R$ 10 milhões à realização cultural na cidade. Inscrições são virtuais e devem ser feitas no site www.culturarecife.com.br, até o próximo dia 18 de outubro

Estão abertas as inscrições para os seis editais do Recife Virado na Cultura, iniciativa da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife, que vem se somar a uma série de articulações e ações já anunciadas pela Prefeitura do Recife para embalar o retorno gradual, e com protocolos sanitários, às atividades comunitárias na cidade. Os editais, que reúnem recursos do poder público municipal e da segunda etapa da Lei Aldir Blanc, totalizam mais de R$ 10 milhões. As inscrições são virtuais e devem ser feitas no site www.culturarecife.com.br, até o próximo dia 18 de outubro.

Aos candidatos com dificuldade para realizar a inscrição virtual, será assegurado atendimento presencial, no Núcleo de Cultura Cidadã, localizado no Pátio de São Pedro, Casa 39, Bairro de São José. Também estão disponíveis os telefones (81) 3355-9013 e (81) 99321-1517 para o esclarecimento de dúvidas sobre as inscrições.

Um dos editais abertos é o Recife Virado, que tem por objeto selecionar e apoiar financeiramente projetos culturais a serem realizados na cidade, compreendidos em três faixas de valores: até R$ 8mil; até R$ 15 mil; e até R$ 25 mil, totalizando um investimento direto do poder público municipal de R$ 2 milhões.

O edital celebrará toda a produção cultural do Recife, contemplando desde as artes urbanas e artes visuais/artesanato, até o audiovisual, circo, cultura popular, dança, fotografia, gastronomia, literatura, música e teatro. Entre as ações previstas, a variedade é ainda maior. Estão previstas atividades formativas das mais diversas naturezas, apresentações de rua, ensaios abertos, sessões e apresentações, exposições e exibições, visitas a espaços expositivos, publicações, lançamentos e saraus, até feiras gastronômicas e degustações.

Para executar os R$ 8,3 milhões remanescentes do saldo destinado pela Lei Aldir Blanc para a capital pernambucana, foram lançados outros cinco editais, batizados em homenagem a importantes personalidades que marcaram a história e a cultura da cidade, com foco na premiação de trajetórias e de criatividade, subsídio para espaços culturais, formação técnica e aquisição de obras e bens culturais.

O Edital Sevy Caminha – Prêmio de Trajetória reconhecerá o mérito cultural de atividades artísticas e culturais ligadas aos saberes tradicionais da cultura popular, distribuindo mais de R$ 1,5 milhão para até 140 beneficiados.

Para incentivar a criação de projetos de realização e fruição cultural, o Edital Bráulio de Castro – Prêmio de Criatividade irá assegurar R$ 5 mil como fomento para até 200 propostas de artistas, agentes culturais e/ou trabalhadores da cultura. O valor total do edital é de R$ 1 milhão.

Garantindo subsídio para manutenção de espaços artísticos e culturais, o Edital Tarcísio Pereira destina-se a microempresas e pequenas empresas culturais, cooperativas, instituições e organizações comunitárias que tiveram as suas atividades interrompidas pela pandemia. Serão contemplados até 126 espaços formalizados ou não, que receberão entre R$ 10 mil e R$ 15 mil, totalizando aproximadamente R$ 1,6 milhão.

Em homenagem a Sérgio Valença Pezão, que ficou imortalizado como Pezão nos palcos e backstages do Recife, o Edital de Formação Técnica selecionará projetos de qualificação, aperfeiçoamento, capacitação, reciclagem e desenvolvimento de processos de inovação profissional para trabalhadores e trabalhadoras das áreas técnicas de diversas linguagens artísticas. Serão distribuídos R$ 2,5 milhões, contemplando até 15 propostas com R$ 170 mil.

O sexto e último edital, batizado com o nome do “irmão evento” Joel Datz, destinará R$ 1,5 milhão à aquisição de obras de arte e apresentações de variadas linguagens artísticas, que contemplem a diversidade cultural do Recife, ocupando desde espaços culturais institucionalizados a espaços alternativos, como ruas e parques, sempre com atenção e respeito aos protocolos sanitários exigidos. O edital poderá contemplar ainda a ampliação do acervo de espaços culturais públicos e a inserção de obras de arte em espaços públicos. Poderão ser selecionados até 150 projetos.

About Redação

Check Also

prefeitura-leva-programa-geracao-de-oportunidade-–-go-recife-aos-mercados-publicos-a-partir-deste-sabado

Prefeitura leva Programa Geração de Oportunidade – GO Recife aos mercados públicos a partir deste sábado

Ação inédita visa ampliar esforços de empregabilidade e geração de renda para recifenses. Iniciativa acontece …

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: