homem-da-meia-noite-homenageia-povos-originarios-em-2024;-bloco-conta-com-apoio-da-prefeitura-de-olinda

Homem da Meia-Noite homenageia povos originários em 2024; bloco conta com apoio da Prefeitura de Olinda

Desfile do Homem da Meia-Noite acontece no dia 10 de fevereiro

Publicado por: Pedro Paulo Catonho, em: 08/11/23 às 16:53

*Com informações da assessoria

No Carnaval de 2024, o Clube de Alegoria e Crítica O Homem da Meia-Noite presta uma homenagem mais do que justa às nossas origens. No próximo ano, o Calunga vai reverenciar os povos originários em seu desfile no Sítio Histórico de Olinda. Com o tema “Terra Indígena”, o Gigante vai até o interior de Pernambuco para vivenciar os valores de preservação, de coletividade e de respeito à ancestralidade, através da sabedoria dos povos originários. O bloco conta com apoio da Prefeitura de Olinda.

É na capital pernambucana onde o Homem da Meia-Noite foi buscar um dos homenageados do nosso Carnaval. Mais precisamente no bairro de Água Fria, na Zona Norte do Recife. É lá onde fica a sede do Caboclinho 7 Flexas, que desde 1971 representa a linha da jurema que resgata as belas e tradicionais expressões do Carnaval de Pernambuco. Em 2024, o Caboclinho 7 Flexas será homenageado nas ladeiras de Olinda.

É dessa mistura de sons do baque do caboclinho, da pisada e do ritmo indígena, que vem o segundo homenageado. Lá no bairro da Mustardinha, Marron Brasileiro começou sua história de sucesso como cantor e compositor. Da banda Alcano até o sucesso na Banda Versão Brasileira, Marron encantou os pernambucanos e o Brasil com músicas como “Deusa de Itamaracá” e “Galera do Brasil”. Nada mais justo do que essa homenagem a um dos maiores artistas do nosso estado, Marron Brasileiro.

Da capital seguimos para Pesqueira, no Agreste de Pernambuco, última parada do Homem da Meia-Noite em 2024. Terra da Povo Xukuru do Ororubá, também grande homenageado do Calunga neste Carnaval. Uma nação indígena formada por mais de dez mil integrantes no semiárido pernambucano, que remonta aos primeiros povos originários do nosso estado. O Carnaval “Terra Indígena” e o Povo Xukuru do Ororubá farão essa mistura, essa magia e encanto que o folião só vai encontrar na saída do Homem da Meia-Noite no Sábado de Zé Pereira na Cidade Alta, em Olinda.

Encontro místico no Agreste de Pernambuco 

No dia 02 de fevereiro de 2024, o Homem da Meia-Noite completa 92 anos. Data que será celebrada no agreste pernambucano. O Calunga vai até o Povo Xukuru do Ororubá, na cidade de Pesqueira, para receber a roupa que será usada no Carnaval do próximo ano. E para manter a tradição, a diretoria do clube convida sempre uma pessoa para confeccionar o fraque após a morte do alfaiate Brasil. A missão deste ano foi dada para a estilista indígena Dayana Molina. Descendente das etnias fulni-ô e aymará, ela cria peças e pensa em moda trazendo as raízes dos povos originários. Criadora da grife Nalimo, que pensa na sustentabilidade e também segue uma linha decolonial. Ela vai alinhar o tema “Terra Indígena” com a tão esperada roupa do Calunga.

Nova camisa para 2024 

O Clube de Alegoria e Crítica O Homem da Meia-Noite também lança sua camisa oficial para o Carnaval 2024. Criada pelo artista plástico Antônio Mendes, a nova camisa leva os traços do artista com cores e elementos que remetem ao tema do Carnaval: “Terra Indígena”. A camisa será vendida por R$50,00 na sede do clube que abre para o público a partir do dia 11/11/23 e também na Espaço Afetivo do Homem da Meia-Noite no Shopping Patteo, que abre no dia 25/11/23, que também vai oferecer as peças da grife do Calunga para o Carnaval 2024.

SERVIÇO:

DESFILE – HOMEM DA MEIA-NOITE 2024 DATA: 10/02/2024

HORÁRIO: 0h

LOCAL: ESTRADA DO BONSUCESSO, 132 – OLINDA – PE

Fonte: Assessoria de Imprensa
Prefeitura Municipal de Olinda

About Redação

Veja também

alunos-de-escola-municipal-de-sapucaia,-em-olinda,-visitam-firsts-lego-league

Alunos de Escola Municipal de Sapucaia, em Olinda, visitam Firsts Lego League

Encontro aconteceu no último sábado (15), em João Pessoa Publicado por: Pedro Paulo Catonho, em: …