Recife promove ações para reforçar os cuidados com a saúde integral do homem

recife-promove-acoes-para-reforcar-os-cuidados-com-a-saude-integral-do-homem

Para marcar a campanha Novembro Azul, serão promovidas atividades nas unidades de saúde, polos da Academia da Cidade e instituições públicas e privadas. (Foto: Richardson Martins/Secretaria de Saúde do Recife)

Para reforçar a importância da participação do público masculino nas ações de promoção e prevenção à saúde, a Secretaria de Saúde (Sesau) da Prefeitura do Recife (PCR) vai promover, ao longo deste mês, uma série de atividades durante a campanha Novembro Azul. Com o tema “Fortalecendo o acesso do homem na Atenção Primária à Saúde”, as ações terão o objetivo de aproximar os homens dos serviços de saúde. A programação completa está disponível AQUI.

As atividades acontecem em diversos equipamentos da Sesau, entre unidades de saúde e polos da Academia da Cidade, além de penitenciária, igreja e outros locais públicos e privados. Entre as ações programadas, estão rodas de conversa, palestras em sala de espera sobre assuntos relacionados à saúde do homem de forma geral e também em tempos de covid-19, sensibilização para melhorar a adesão do público masculino nas unidades de saúde, aferição de pressão arterial, teste de glicemia, abordagem para prevenção ao câncer de próstata, testagem de HIV e sífilis, além de orientações sobre como prevenir as infecções sexualmente transmissíveis (ISTs).

De 22 a 26 de novembro, as ações de saúde do homem serão levadas ao Presídio Juiz Antônio Luiz Lins de Barros, no Sancho, Zona Oeste do Recife. Nas atividades, os profissionais de saúde farão abordagens de educação em saúde, aplicação de testes rápidos para detectar ISTs em homens que estão privados de liberdade, além de realizarem busca ativa de pacientes com tuberculose ou hanseníase.

Já no dia 24 de novembro, às 14h, será realizado um webinário, cujo tema é “Fortalecendo o acesso dos homens à Atenção Primária à Saúde”. O evento, que vai discutir as estratégias para alcançar o público masculino e levá-lo até as unidades de saúde, será transmitido na plataforma Meet, com mediação de  Morgana Lima, coordenadora da Política de Atenção Integral à Saúde do Homem, e participação de Sidney Santos, graduando em Psicologia e integrante do Núcleo Feminista de Pesquisa em Gênero e Masculinidades, e Túlio Alves, enfermeiro, especialista em Saúde da Família e mestre em Políticas Públicas. 

ASSISTÊNCIA – A Política de Atenção Integral à Saúde do Homem foi implantada em 2014, na capital pernambucana, visando à promoção e prevenção da saúde do homem recifense. Dentro da política, a PCR possui diversas estratégias para aproximar o público masculino dos serviços de saúde. Uma delas consiste em incentivar o envolvimento consciente e ativo de homens em todas as ações voltadas para o planejamento reprodutivo. Na prática, eles são estimulados a acompanharem suas parceiras nas consultas de pré-natal, preparando-os para o momento do parto e o exercício da paternidade com responsabilidade. Durante a consulta, os homens também passam por exames de rotina e testes rápidos.

Há também outros exemplos de fortalecimento da estratégia do Pré-Natal do Homem, entre eles, os grupos de homens das unidades de saúde, a implantação do terceiro turno e ações específicas nos bairros para esse público, contribuições que ajudam na mudança do paradigma do binômio mãe-criança para o trinômio pai-mãe-criança. Profissionais de saúde da rede também passaram por sensibilização para a necessidade do olhar diferenciado para o público-alvo.

LEI – Na capital pernambucana, outro benefício para garantir a construção de vínculos afetivos é a Lei Municipal 18.359/2017, que ampliou a licença-paternidade para 20 dias para os servidores municipais, com o objetivo de promover maior envolvimento dos pais no cuidado dos filhos.

CARTÃO DO HOMEM – Instrumento criado no Recife para ser usado nas consultas e nas ações educativas das equipes de Saúde, o cartão contém espaços a serem preenchidos com informações referentes ao estado de saúde, agendamento das consultas e atividades nas Unidades Básicas, além das vacinas. Os usuários são orientados a levá-lo para todas as consultas.