Música e animação marcam encerramento dos Jogos Da Pessoa Idosa, no Geraldão

musica-e-animacao-marcam-encerramento-dos-jogos-da-pessoa-idosa,-no-geraldao

Cerimônia realizada ontem (06.11) no final da tarde fecha os 10 dias de atividades esportivas e culturais que contaram com participação de idosos do Recife com idade entre 60 e 90 anos. (Foto: Maurício Ferry/PCR)

“Olha, eu danço de tudo. Pode colocar o que for. Valsa, cúmbia, dança cigana, carimbó. Tudo que vier, estou dançando. Só sentei aqui porque iam iniciar o encerramento”, contou a entusiasmada Maria dos Santos. Aos 65 anos, ela faz aulas de dança há quatro e representou bem o espírito da edição de 2021 dos Jogos da Pessoa Idosa. “Participei desde o primeiro dia, e também de outras edições. Não poderia perder logo o encerramento”. A cerimônia que marcou o final de mais uma edição dos jogos aconteceu na tarde de ontem (06.11), no Ginásio de Esportes Geraldo Magalhães (Geraldão), após 10 dias repletos de atividades.  

Os Jogos da Pessoa Idosa é uma iniciativa da Prefeitura do Recife, realizada por meio da Secretaria Executiva de Esportes. O evento teve como objetivo valorizar e estimular a prática esportiva, com foco na promoção da saúde e do bem-estar, além de resgatar a autoestima para melhor convívio social dos idosos da capital pernambucana. 

“Estou muito feliz de estarmos aqui comemorando mais uma edição. Estar com vocês é uma alegria muito grande, porque essa energia contagia todo mundo que colabora com esse evento. E não quero ser repetitiva, mas estamos e continuaremos aqui por vocês”, frisou Yane Marques, secretária executiva de Esportes, que também alertou sobre a necessidade de vacinação. “Vou fazer um pedido:  se cuidem. Quem ainda não tomou a terceira dose, pelo amor de Deus, vá correndo tomar. Ano que vem quero todo mundo aqui de novo. Estou contando as horas para chegar a minha hora de tomar a terceira dose. Precisamos fazer a nossa parte”, completou.

Vale destacar que todos que passaram pelo portão de entrada do ginásio precisaram higienizar as mãos com álcool em gel 70%. E claro, todos fazendo o devido uso da máscara. “Gostei muito da forma como trataram essa questão (sanitária) durante todo o evento”, reforçou Gilberto Coura, de 62 anos. “O tempo inteiro tinha álcool em gel por perto, e todos de máscara. Isso fez eu me sentir seguro para participar todos os dias”, reforçou. 

Ao todo, 22 grupos de idosos participaram do evento e cada um recebeu troféu de participação. Mais precisamente, 687 pessoas inscritas com idade entre 60 e 90 anos. As modalidades, adaptadas especificamente para o grupo etário, foram nove: voleibol, basquete, handebol, futsal, hóquei, arco, estafeta, dominó e dama. Todos receberam medalhas. As placas para os cinco primeiros colocados ficaram os grupos Viver a Vida; Ipiranga; Nova Esperança; Cabanga; e Beleza Pura. 

O encerramento contou com a presença de Carlos Romero, gerente geral de esportes; Yane Marques, secretária-executiva de esportes; Larissa Lellys, gerente de atividades esportivas; e Andrea Manta, coordenadora dos Jogos da Pessoa Idosa e do Programa Recife Ativo.