MPPE vistoria estruturas de escolas municipais de Olinda para retorno das aulas presenciais

mppe-vistoria-estruturas-de-escolas-municipais-de-olinda-para-retorno-das-aulas-presenciais

A Secretaria Municipal de Educação, Esportes e Juventude de Olinda e comunidade escolar receberam nesta terça (14) o Ministério Público em duas unidades de ensino, com objetivo de fiscalizar e verificar as condições desses locais e garantir um retorno seguro às aulas presenciais. O promotor Sérgio Gadelha esteve nas escolas de Tempo Integral: Sagrado Coração de Jesus, localizada em Amaro Branco, e a Dom João Crisóstomo, situada no Monte. Ele foi recebido pelo secretário de Educação Paulo Roberto, a secretária executiva de Programa e Políticas Educacionais, Edilene Soares e gestores das escolas.

O representante do MP vem acompanhando como as medidas sanitárias estão sendo vivenciadas para preservar a saúde de professores, profissionais do setor e estudantes.  “A pandemia tem gerado muitos danos e sofrimento às pessoas, especialmente em relação à saúde e à vida, mas também tem aumentado a desigualdade entre as crianças e adolescentes de classes sociais diferentes, pois houve uma ampliação no déficit de aprendizagem entre os estudantes que tiveram acesso às atividades remotas e os que não tiveram, deixando perdas irreparáveis no processo de ensino e de aprendizagem. Por essa razão, o retorno da educação pública é tão importante e, a necessidade de preparação e de adequação é de fundamental importância para um retorno seguro às aulas presenciais. O Ministério Público está fazendo as visitas por esse motivo”, explicou o promotor de Justiça, Sérgio Gadelha.

Durante as visitas, além de conhecer as questões estruturais, o promotor teve a oportunidade de conversar com os diretores sobre as lacunas de aprendizagem, a busca ativa dos estudantes infrequentes e a avaliação diagnóstica, bem como as ações que foram planejadas para mitigar os danos da pandemia na educação.  Os diretores escolares narraram como foi a experiência de retorno e o desenvolvimento das atividades remotas nesse período de  suspensão das aulas presenciais,  na perspectiva da garantia do distanciamento social. Para o Secretário Municipal de Educação, Esportes e Juventude de Olinda, Paulo Roberto Souza Silva, a visita foi muito positiva, pois o promotor pode, de um modo geral, verificar que nossas escolas têm condições adequadas para o retorno das aulas presenciais, tais como: ventilação adequada, distanciamento entre as cadeiras, mesas e sinalizações.  “Além de defender o direito à saúde, que é a prioridade no atual momento, o Ministério Público também defende o direito à educação. Por essa razão, foi feita a visita e foram verificadas as condições para o retorno”, pontuou o secretário.