Jaboatão e TJPE promovem ação educativa contra violência de gênero junto a cooperadas da Coleta Seletiva

jaboatao-e-tjpe-promovem-acao-educativa-contra-violencia-de-genero-junto-a-cooperadas-da-coleta-seletiva

A Secretaria Executiva da Mulher da Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes, em parceria com o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) e o Centro de Referência da Mulher Maristela Just, promoveu, nesta quarta-feira (24), em um dos espaços do programa de Coleta Seletiva do Jaboatão, em Guararapes, uma palestra com o objetivo de alertar às mulheres que integram as cooperativas filiadas ao programa sobre os primeiros sinais de um relacionamento abusivo e como combater a violência de gênero. A explanação foi ministrada pela equipe multidisciplinar da Vara de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher do Jaboatão.

A secretária-executiva da Mulher do Jaboatão dos Guararapes, Juliana Paranhos, participou do evento e destacou as ações que a pasta tem realizado para garantir o acesso a direitos e garantias das mulheres do município, bem como assistência às vítimas de violência de gênero. “É uma luta diária, que passa pelo apoio e acolhimento a essas mulheres, e, também, pela promoção de políticas públicas de enfrentamento à misoginia e de conscientização. Nossa gestão tem ido às ruas com campanhas informativas para divulgar os canais de atendimento e orientar acerca dos primeiros sinais de violência, um compromisso firmado com toda a população do Jaboatão”, disse a gestora.

O evento faz parte da programação da Coordenadoria da Mulher do TJPE e integra a 19ª Semana da Justiça pela Paz em Casa. Assistente social do órgão, Fernanda Freire ressaltou a importância do encontro como meio de potencializar e divulgar os serviços oferecidos pela rede. “O intuito da Vara de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher do Jaboatão é trabalhar o tema da violência contra a mulher, identificando-o o ciclo de agressão em seu início. Esse momento é muito importante e mostra a articulação de nossa rede aqui no município, no sentido de fortalecer e sensibilizar as mulheres para essa temática, com foco na vertente da educação e da sensibilização”, pontuou.

Relacionado