CTTU faz esquema especial de trânsito para serviço de poda da Emlurb em várias áreas da Zona Sul

cttu-faz-esquema-especial-de-transito-para-servico-de-poda-da-emlurb-em-varias-areas-da-zona-sul

Efetivo com agentes e orientadores de trânsito estará nos locais para auxiliar condutores e pedestres

A Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) montou esquemas especiais de trânsito para quatro serviços de poda que serão realizados pela Emlurb na Zona Sul da cidade, no período entre a segunda-feira (1) e a sexta-feira (5). De acordo com o órgão executor, os serviços serão realizados das 8h às 12h.

Na segunda-feira (1) a Rua Professor Augusto Lins da Silva, em Boa Viagem, será interditada, os condutores poderão utilizar a Rua Major Armando de Souza Melo como rota alternativa. Na quarta-feira (3), a Rua Sylo Bittencourt, também em Boa Viagem, será interditada entre as ruas Barão de Souza Leão e Antônio Vicente, os condutores poderão fazer o giro antecipado na Rua Sá de Souza como rota alternativa.

Na quinta-feira (4), a Rua Rio Xingu, no Ibura, será interditada e a Rua Rio da Prata poderá ser utilizada como rota alternativa. Na sexta-feira (5), o serviço de poda será na Avenida Conselheiro Aguiar, não será necessário desvio de trânsito porque a obstrução da via será parcial, entre as ruas Amazonas e Baltazar Pereira.

A Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb) é a responsável pela execução dos serviços de arborização da cidade, envolvendo poda, erradicação, eliminação de problemas fitossanitários, entre outros. Todos os serviços são acompanhados por engenheiro agrônomo ou florestal. As árvores da cidade situadas em vias públicas são podadas e monitoradas por equipes do órgão, compostas por técnicos e engenheiros agrônomos e florestais. O monitoramento é realizado diariamente por essas equipes e também pelas demandas recebidas pela Emlurb através da central 156. Nas vistorias são identificados os critérios para poda ou erradicação, como risco de queda, problema fitossanitário, poda para conformação (ajustar os galhos), entre outros. Os motivos para a queda de árvores são diversos, como por exemplo chuvas e ventos fortes, que deixam as copas dos vegetais pesados, intervenções em calçadas que danificam as raízes, idade do vegetal etc. As ocorrências deste ano estão dentro da normalidade. Para solicitar vistorias e podas, além de sugestões, reclamações e denúncias, a Emlurb disponibiliza o número 156.