manual-de-desenhos-de-ruas-do-recife-e-apresentado-no-seminario-para-preservacao-de-vidas-no-transito

Manual de Desenhos de Ruas do Recife é apresentado no Seminário para preservação de Vidas no Trânsito

Evento ocorreu em Fortaleza (CE) e objetivo do estudo é dar diretrizes para projetos de desenhos de vias que garantam segurança para os usuários mais vulneráveis

Para inspirar outras cidades na construção de ruas seguras para todas as pessoas, a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU), apresentou, nesta terça-feira (28), a experiência do Manual de Desenho de Ruas do Recife durante o III Seminário para Preservação de Vidas no Trânsito, organizado pela Autarquia de Trânsito e Cidadania (AMC), da Prefeitura de Fortaleza. Durante o evento, Antônio Henrique, gerente geral de mobilidade humana da CTTU, falou para um público que reuniu profissionais de segurança viária de todas as partes do país nas iniciativas públicas, privadas e do terceiro setor.

O documento, produzido pela Prefeitura do Recife em parceria com a Iniciativa Bloomberg de Segurança Viária Global, através da Iniciativa Global de Desenho de Cidades (GDCI), tem sido aplicado na capital pernambucana e traz diretrizes para implantação de projetos de segurança viária nas diversas tipologias de ruas encontradas na cidade – como morros, vias estreitas, largas, exclusiva para pedestres, com passagem de transporte público etc. “O Manual tem o objetivo de fazer cumprir as funções das ruas na nossa cidade – cultural, econômica, social e ambiental. Para isso, é essencial que as vias sejam desenhadas para acolher as pessoas, as ruas precisam ser atrativas e isso não se faz sem segurança. Trata-se de uma política que, além de salvar vidas, promove uma vivência diferenciada do espaço público”, explica Antônio Henrique.

Um dos principais desafios da aplicação desse tipo de manual nas cidades é a formação dos técnicos e a compreensão de que o desenho adequado para as ruas é possível e pode salvar vidas. Pensando nisso, durante o Maio Amarelo, a capital pernambucana lançou um jogo de tabuleiro para formar profissionais e fazer com que eles se familiarizem com as diretrizes da publicação. “O Manual de Desenho de Ruas do Recife traz a proposta de uma quebra de paradigmas e sabemos que isso é difícil. Romper com a cultura de que os automóveis devem ser priorizados e abrir espaço para os pedestres, compreender que a rua pode ser espaços de encontros, de arte e de convivência para além de apenas deslocamentos, tudo isso pode ser desafiador. Então, o jogo de tabuleiro orienta os técnicos da cidade de maneira pedagógica e lúdica sobre os parâmetros essenciais para garantir espaços de convivência e seguros na cidade que queremos. O trabalho do Recife com o manual e o jogo é essencial para inspirar outras cidades brasileiras a priorizar usuários vulneráveis através da proposição de parâmetros de desenho para ruas seguras e sustentáveis”, explica Beatriz Rodrigues, gerente de projetos da GDCI.

LINHA DO TEMPO – A publicação do Manual de Desenho de Ruas do Recife é mais uma etapa do Plano de Mobilidade da Cidade, instituído pela Lei Municipal nº 18.887/2021, aprovada por unanimidade na Câmara Municipal do Recife. Em 2023, o poder público realizou consultas internas e externas para o lançamento do Manual de Desenho de Ruas, que estabelece diretrizes para divisão do espaço público nas vias municipais do Recife e é regulamentado pelo Decreto Municipal nº 37.106/2023.

About Redação

Veja também

novotel-recife-realiza-processo-seletivo-com-candidatos-captados-pelo-go-recife-e-agencia-de-emprego-do-recife

Novotel Recife realiza processo seletivo com candidatos captados pelo GO Recife e Agência de Emprego do Recife

Na manhã desta segunda-feira (17), 25 mulheres recifenses participaram de processo seletivo para integrar o …