diversidade-sera-marca-registrada-da-folia-no-marco-zero

Diversidade será marca registrada da folia no Marco Zero

Cultura Popular, frevo, brega, rock, mangue, samba e pop se encontrarão no epicentro do maior Carnaval em linha reta, em reverência à ancestralidade negra que funda as tradições culturais e musicais carnavalescas, com tributo ao manguebeat, encontro inédito entre o Olodum e o Tumaraca e estreia do mestre Gilberto Gil no Carnaval do Recife (Foto: Rodolfo Loepert/PCR)

Um palco de encontros, de pluralidade e sem fronteiras, onde as divisas brasileiras se rompem e a cultura nacional se encontra no Recife, em suas mais diversas sonoridades e manifestações. O maior palco do Carnaval do Recife 2024, o Marco Zero, que celebrará desde as raízes da ciranda de Lia às antenas parabólicas do Mangue de Chico, os dois homenageados, irá se confirmar um lugar onde todas as tradições, ritmos e vozes têm vez. Convidando a celebrar desde a cultura popular até o brega, patrimônio imaterial recifense, a cidade estará de braços abertos para receber brincantes e turistas durante seis dias, a partir da quinta-feira (8). Além das atrações previamente anunciadas, o maior palco da folia pernambucana trará ainda nomes como Vanessa da Mata, Raphaela Santos, Dilsinho, Priscila Senna e Marcelo Falcão. 

A estreia, que passará a ser na quinta, trará grandes encontros e celebrações. Na tarde da quinta, dia 8, dezenas de Afoxés se reúnem no Boulevard da Rio Branco para a cerimônia Ubuntu. A noite conta ainda com um inédito encontro entre o Olodum e o Tumaraca, que contará ainda com o piano de Amaro Freitas. Na sequência, Louise ciceroneia o espetáculo Recife Cidade do Mangue, em reverência a Chico Science, com participações de Karina Buhr e Toca Ogan, além de Céu. A noite será coroada com a estreia de Gilberto Gil nos palcos do Carnaval do Recife e pela ‘favorita’, Raphaela Santos.

Na sexta (9), Dia do Frevo, o patrimônio imaterial é celebrado através de três espetáculos: com o Recife Matriz da Cultura Popular, que irá reunir clarinada e agremiações, passistas e orquestras. Na sequência, Maestro Forró e sua Orquestra Popular da Bomba do Hemetério trará ao palco nomes como Chico César e Almério. A Orquestra Frevo do Mundo, por sua vez, trará ao palco nomes como Arnaldo Antunes, Martins e Uana. O pop irá incendiar a multidão na sequência, com show da diva Ludmilla. A noite será encerrada por Priscila Senna.

O sábado (10) traz ainda mais diversidade ao palco, com shows de nomes locais e nacionais como Nena Queiroga, Vanessa da Mata, Marcelo Falcão, Luísa Sonza e será encerrado pelo espetáculo Recife Capital do Brega, encontro que reunirá grandes nomes da cena local, ratificando sua importância e representatividade no imaginário e em suas celebrações de dança e movimento, seja no romântico ou no passinho. 

O tradicional domingo (11) do samba no Marco Zero promete ser uma noite inesquecível para os amantes do gênero. No palco, subirão Karynna Spinelli, Mart’nália, Mumuzinho, Dilsinho e Thiaguinho, que também faz sua estreia no Carnaval público da cidade. A segunda (12), dedicada ao rock, marcará a volta da Nação Zumbi ao Marco Zero,além Matuê, Paralamas do Sucesso e Pitty.

A terça-feira (13) será marcada por uma grande celebração à cultura pernambucana, quando Lia de Itamaracá, uma das homenageadas da festa, será uma das anfitriãs da noite, que também contará com shows de Lenine e Spok, Alceu Valença, Elba Ramalho, Samuel Rosa e o Orquestrão.

Confira a programação completa do Marco Zero no Carnaval do Recife 2024



About Redação

Veja também

prefeitura-do-recife-anuncia-expansao-de-escolas-em-tempo-integral

Prefeitura do Recife anuncia expansão de escolas em Tempo Integral

Com a ampliação, Rede Municipal de Ensino do Recife contará com 50% das escolas de …