ciranda,-afoxe-e-maracatu-marcam-estreia-da-terca-negra-especial-de-carnaval

Ciranda, Afoxé e Maracatu marcam estreia da Terça Negra Especial de Carnaval

Pátio de São Pedro se torna palco das manifestações populares de cunho afro-ameríndio. (Foto: Sérgio Bernardo/ Acervo PCR Imagem)

A partir de amanhã (23), o Pátio de São Pedro, Quartel General do Carnaval, volta a sediar as Terças Negras Especiais de Carnaval. O evento é gratuito e começa às 19h, com o Maracatu Linda Flor, o Bloco Afro Obirim, Anderson Miguel e a ciranda Raiz da Mata Norte, além do Afoxé Omin Sabá.

Criada há mais de 20 anos pelo Movimento Negro Unificado (MNU), a Terça Negra busca difundir e estimular reflexões a respeito da influência afro nas expressões artísticas do Estado. O projeto tem apoio da Prefeitura do Recife e a curadoria dos artistas que participam da grade é do próprio MNU. 

História

A história da Terça Negra começa em 1998, no Pagode do Didi, localizado na Rua Ulhôa Cintra, no bairro de Santo Antônio. Em 2001, o projeto passou a acontecer no Pátio de São Pedro, tornando-se parte do calendário cultural oficial da cidade.

O encontro cultural foi criado pelo Movimento Negro Unificado (MNU), que surgiu no Recife em 1979 e ganhou força na década de 1990. Em seus primeiros passos, o MNU pretendia ir além do chamado samba de raiz, divulgando outras vertentes da cultura negra, como o maracatu, o afoxé, o coco de roda e até o reggae e o hip hop.

PROGRAMAÇÃO 

Dia 23/01

Maracatu Linda Flor

Bloco Afro Obirim

Anderson Miguel e Ciranda Raiz da Mata Norte

Afoxé Omin Sabá



About Redação

Veja também

prefeitura-do-recife-anuncia-expansao-de-escolas-em-tempo-integral

Prefeitura do Recife anuncia expansão de escolas em Tempo Integral

Com a ampliação, Rede Municipal de Ensino do Recife contará com 50% das escolas de …