camarote-da-acessibilidade-do-galo-proporciona-inclusao-a-folioes-com-mobilidade-reduzida

Camarote da Acessibilidade do Galo proporciona inclusão a foliões com mobilidade reduzida

Prefeitura do Recife disponibilizou 200 vagas para pessoas com deficiência e acompanhantes durante o desfile

Gente feliz e aproveitando cada minuto da folia. Foi esse o espírito do Camarote da Acessibilidade do Galo da Madrugada, neste sábado (10), na 12ª edição do espaço preparado para receber pessoas com deficiência e seus acompanhantes. A iniciativa, promovida pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos, Juventude e Políticas sobre Drogas, garante a inclusão das pessoas com deficiência nas festividades carnavalescas.

Segundo a secretária Ana Rita Suassuna, “o espaço oportuniza a inclusão desse público para que possa brincar de forma segura. Os participantes são escolhidos através de sorteio para que o acesso possa ser o mais transparente e democrático possível”, disse. Este ano, foram disponibilizadas 200 vagas no camarote, cujas inscrições foram realizadas de 29 de janeiro a 1º de fevereiro, reforçando o compromisso com a igualdade de oportunidades para todos.

O técnico de Comandos Elétricos Jonas Adab, 50 anos, perdeu a visão em 2019 e essa é a primeira vez em que ele esteve no Camarote da Acessibilidade, e também seu primeiro Carnaval após a perda da visão por doença autoimune. “Estou feliz de estar aqui e a Prefeitura do Recife proporciona uma infraestrutura excelente, com audiodescrição, água e cadeiras. A inclusão torna a vida da gente tão mais gostosa. Para alguns, a cegueira é uma escuridão, mas aprendi a enxergar com o coração”, enfatizou o folião, que mora no bairro de Casa Amarela.

Já a moradora da Bomba do Hemetério, Maria da Conceição Alves Moreira, acompanhava o filho, Jefferson Roberto, de 30 anos, que tem paralisia cerebral, e estava radiante por ter conseguido ser sorteada e proporcionar esse divertimento ao jovem, que adora Carnaval. “Há 30 anos que desejo trazer meu filho para ver o desfile. Estou tão feliz de ter tido essa oportunidade”, falou entusiasmada.

A rainha do Carnaval da Pessoa com deficiência, a advogada Luzia Santos, de 28 anos, deficiente visual, disse que estava aproveitando muito o reinado e já estava com saudade. Percebeu que o camarote é maior do que o ano passado. “Está incrível. É fundamental que tenhamos espaços preparados como esse para nos receber. Temos que estar em todos os lugares”, enfatizou.

O rei do Carnaval da Pessoa com Deficiência, Roberto Cabral, de 53 anos, que é servidor público, elogiou a localização do camarote (quase em frente ao Pátio do Carmo) e destacou a oferta e qualidade da audiodescrição contratada pela Prefeitura do Recife. “Eles transmitem as informações do ambiente, das pessoas presentes e os detalhes da alegoria. Isso é muito importante”, apontou Cabral.

O Camarote é preparado para receber pessoas com qualquer tipo de deficiência, seja auditiva, física, intelectual e visual. O espaço é adaptado com rampa, corrimão, banheiro, piso tátil, intérprete de libras e audiodescrição. O Camarote da Acessibilidade é uma realização da Prefeitura do Recife, por meio da Fundação de Cultura, e apoio da Secretaria de Saúde, Guarda Municipal e Superintendência Estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência (Sead).



About Redação

Veja também

prefeitura-do-recife-prepara-serie-de-atividades-e-eventos-para-comemorar-os-487-anos-da-cidade

Prefeitura do Recife prepara série de atividades e eventos para comemorar os 487 anos da cidade

Durante o mês de março, a capital vai receber várias atividades nos mais diversos segmentos; …