Projeto Compre Delas capacitou 30 mulheres do comércio popular de alimentos do Recife

projeto-compre-delas-capacitou-30-mulheres-do-comercio-popular-de-alimentos-do-recife

A ação executada pela Prefeitura do Recife teve como objetivo fortalecer os grupos produtivos de mulheres recifenses na perspectiva do empreendedorismo do comércio informal de alimentos. O grupo vai participar também do curso sobre empreendedorismo Pequenos negócios grandes mulheres. (Divulgação)

Chegou ao fim nesta quarta-feira (20), o programa Compre Delas, que capacitou trinta mulheres do comércio popular de alimentos do Recife em Boas Práticas de Higiene e Manipulação de Alimentos. A ação, executada pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria da Mulher, teve como objetivo fortalecer os grupos produtivos de mulheres recifenses na perspectiva do empreendedorismo do comércio popular de alimentos. A capacitação foi realizada na sede do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco (Sintepe), em Santo Amaro.

Glauce Medeiros, secretária da Mulher do Recife destacou o empenho e dedicação das profissionais no curso. “Quando a gente se junta para fazer as coisas, conseguimos fazer tudo de melhor para a população. Cursos como esses são muito importantes, porque de fato precisamos avançar na promoção da independência financeira dessas mulheres. Dando esta oportunidade de formação, vamos ajudá-las a enfrentar  desigualdades. Precisamos dar as mãos e fazer este enfrentamento juntas. Queria agradecer ao pessoal da Nutreats, pela formação técnica na ministração do   curso e agradecer ao vereador Ivan Morais que fez a emenda parlamentar, que nos possibilitou promover esta ação”, afirmou a secretária.

A finalização do curso culminou com a entrega dos certificados em Boas Práticas de Higiene e Manipulação de Alimentos, para as participantes, realizada pela secretária Glauce e o vereador Ivan Morais. O projeto foi realizado através de emenda parlamentar do vereador. A ação prevê ainda a produção e distribuição de 4 mil cartilhas para os comerciantes populares do Recife, contendo um guia de direitos e deveres dos comerciantes informais, orientações do controle urbano, além de telefones úteis dos órgãos de fiscalização. O grupo vai participar também, no dia 27 de outubro, de capacitação sobre empreendedorismo, Pequenos negócios grandes mulheres, promovido em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Verda Impacto Positivo e Ganda – Lab Criativo.

“Este curso foi muito importante. Aprendi sobre boas maneiras, o que pensava que era norma, que fazia parte do cotidiano, fazíamos errado. Aqui a gente cresceu, abriu os olhos para novas informações. Aprendi a manusear os alimentos da forma correta, a higienização das furtas como é feita. Essa oportunidade foi muito boa para todas nós”, contou Tainá Maria de 24 anos, uma das 30 mulheres capacitadas, que trabalha vendendo frutas no bairro de São José.

Pequenos negócios grandes mulheres- Ação promovida pela Secretaria da Mulher com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Verda Impacto Positivo e Ganda – Lab Criativo, Pequenos Negócios, Grandes Mulheres é uma jornada de aprendizado de empreendedorismo feminino com impactos sociais. Desenvolvimento de liderança, potencialização da sustentabilidade financeira são alguns dos objetivos da qualificação, que pretende beneficiar cerca de 200 mulheres. A ação integra uma jornada final que tem como objetivo atinguir 600 mulheres empreendedoras, em 20 turmas com 30 pessoas. No final da imersão, 20 negócios destaques serão selecionados para uma mentoria e premiações extras, além de uma vencedora. O intuito é empoderar mulheres empreendedoras e desenvolver ao máximo seu potencial dentro do mercado.