Wevertton Siqueira assume Prefeitura de Arcoverde interinamente em sessão fechada

Em um sessão feita às pressas e restrita aos vereadores da bancada (Sargento Brito, Luiza Margarida, Marcos Paulo, João Taxista), além do vereador Rodrigo Roa (Avante) que chegou em cima da hora, o vereador Wevertton Siqueira (PSB) foi empossado como prefeito interino em substituição ao prefeito cassado Wellington Maciel (MDB) e ao seu vice, Delegado Israel (PP). Apesar de não ter sido chamada, a vereadora Célia Galindo (PSB), ainda chegou a tempo de assinar o livro de ata. Arcoverde amanhece a quarta-feira (24), com um novo prefeito.

A sessão, que deveria ter sido realizada no plenário da Casa James Pacheco de forma transparente e aberta ao público dentro das limitações impostas pela pandemia, ou mesmo transmitida pela página da Câmara nas redes sociais, foi realizada por volta das 18h30 na sala de reunião no primeiro andar da Casa Legislativa. Os outros vereadores, Zirleide Monteiro e Everaldo Lira, só receberam ligações de última hora, já que a sessão estava marcada anteriormente para ocorrer somente às 20h. Após a posse, o prefeito interino se dirigiu à Prefeitura a onde assinou o termo de posse.

Com a posse de Wevertton Siqueira como prefeito interino até que o TSE conclua o processo de cassação do hoje ex-prefeito Wellington Maciel, a presidência da Câmara de Vereadores ficará com a vereadora Luiza Margarida (MDB), e o primeiro suplente do PSB, Paulinho Wanderley, assume a vaga do parlamentar. Após a decisão final do TSE, serão convocadas novas eleições. 

Com 37 anos e eleito para seu segundo mandato com 1.841 votos, o terceiro mais votado, Siqueirinha, como é conhecido o novo gestor interino, vai integrar a galeria de prefeitos, e segundo o site Folha das Cidades, seja por 1 ou 90 dias, após algumas polêmicas em sua trajetória política.  

As primeiras medidas a serem tomadas pelo novo prefeito de Arcoverde são as nomeações de seus secretários, prorrogando os efeitos das portarias dos que foram escolhidos pelo ex-prefeito Wellington Maciel ou nomeando nomes novos para as diversas secretarias municipais.

De certeza um que não poderá ficar, ou ser renomeado de jeito nenhum é o secretário de Serviços Públicos e Meio Ambiente, o delegado Israel Rubis, que além de ter seu diploma de vice-prefeito cassado também teve seus direitos políticos suspensos por 08 anos.

Compartilhe
%d blogueiros gostam disto: