o-novo-gesto-de-lula-para-se-aproximar-dos-militares

O novo gesto de Lula para se aproximar dos militares

Lula põe máscara após votar para prefeito de São Bernardo do Campo em 2020

Em plena articulação para 2022, Lula prepara um pronunciamento dirigido aos militares. Na mensagem, o ex-presidente pretende destacar o tratamento que deu a esse segmento em seu governo, apontar investimentos que fez e salientar que as Forças Armadas são um organismo de estado, que não podem ser partidarizadas.

– Lula quer saber o que se passa nas Forças Armadas, quer entender por que alguns setores desse grupo têm tanta resistência e guardam sentimentos rancorosos em relação a ele. – disse a deputada federal e presidente do PT, Gleisi Hoffmann. 

Segundo Gleisi, Lula tem dialogado com pessoas que participaram de seu governo e que integram ou têm boa articulação com núcleo militar. Entre os nomes com os quais o líder petista tem conversado sobre acenos aos militares estão os dos ex-ministros Defesa Nelson Jobim, Jaques Wagner e Celso Amorim.

Em seu primeiro discurso como elegível, após a decisão do Supremo Tribunal Federal que anulou suas condenações na Lava-Jato, Lula enviou um recado direto ao segmento. “O presidente não é eleito para falar bobagem e fake news. Ele não é eleito para incentivar a compra de armas. Quem está precisando de armas são as nossas Forças Armadas”, disse. O “nossas” destacado pelo ex-presidente já deixou claro que os militares são estratégicos nos seus planos que miram a eleição presidencial do ano que vem.

Na fala, Lula também afirmou que, em oito anos de presidência, “nunca teve problema com os militares” e disse que foi o presidente que mais investiu no Exército, Marinha e Aeronáutica.

Compartilhe
%d blogueiros gostam disto: