João Campos destaca perspectivas econômicas da cidade a líderes empresariais

O prefeito do Recife João Campos participou do evento Plano de Voo 2021 da Amcham Brasil, na manhã desta terça-feira (23), quando teve a oportunidade de falar sobre alguns dos projetos mais importantes da Prefeitura do Recife na área de economia, tais como o Crédito Popular, o Invest Recife e o Plano de Ajuste Fiscal. O objetivo do encontro, que reuniu 92 líderes empresariais filiados a Amcham Recife, foi debater o futuro da capital pernambucana e também como a iniciativa privada pode trabalhar em colaboração com o poder público. De Brasília, o gestor municipal fez a apresentação de forma online ao grupo de Recife.

“Nós tivemos um excelente encontro com os líderes empresariais da Amcham na manhã de hoje. Foi uma alegria poder compartilhar com eles o que a Prefeitura do Recife já está fazendo e o que está planejando fazer nos próximos anos para incentivar a economia na capital pernambucana. O diálogo do poder público com as instituições é de fundamental importância para ultrapassarmos os desafios econômicos atuais”, comentou João Campos.

“Também falei sobre alguns dos nossos principais projetos na área econômica, como o Crédito Popular e o Invest Recife e também sobre a desburocratização que estamos realizando na gestão por meio da unificação de processos e da transformação digital. Em breve, deveremos ter mais parcerias interessantes em benefício dos recifenses”, complementou ele.

Em relação ao Crédito Popular, o gestor municipal contou que a Prefeitura do Recife enviou, na segunda-feira (22), à Câmara Municipal, o Projeto de Lei que propõe a criação do Programa Crédito Popular do Recife. A iniciativa beneficiará empreendedores individuais, formais ou informais, microempresas, empresas de pequeno porte e organizações econômicas de caráter coletivo e solidário com a concessão de crédito de até R$ 3 mil. A expectativa da gestão municipal é atender 10 mil pessoas e entidades por ano. Para 2021, serão investidos R$ 16 milhões pela Prefeitura do Recife na concessão dos empréstimos.

No último dia 11, João Campos anunciou grandes medidas relativas ao controle e a corte de despesas internas visando uma economia ao cofre público municipal de R$ 100 milhões. A iniciativa reúne um conjunto de ações integradas e que estão presentes na administração direta e indireta. A ideia é promover equilíbrio fiscal para a manutenção dos serviços, programas, ações e projetos, além de sedimentar caminhos para novos investimentos na cidade. O compromisso é com a modernização da máquina pública a partir da redução das despesas, gerando condições favoráveis para fazer mais pela qualidade de vida da cidade e da população.

Foto: Rodolfo Loepert

Compartilhe
%d blogueiros gostam disto: