governo-de-pernambuco-nao-confirma-cursos-de-formacao-das-policias-em-junho

Governo de Pernambuco não confirma cursos de formação das polícias em junho

TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM

Durou poucas horas a comemoração dos aprovados em concursos da segurança pública em Pernambuco. Apesar de a deputada estadual Gleide Ângelo (PSB) afirmar, em uma live, nesta segunda-feira (03), que o governador Paulo Câmara prometeu a convocação neste mês de maio – com início dos cursos de formação das polícias em junho – o governo do Estado negou a informação. Em nota, oficial, por meio da Secretaria de Defesa Social (SDS), o governo diz que o assunto ainda está em análise. 

“Neste momento, estão sendo adotadas as medidas necessárias para possibilitar as convocações, visando o início dos cursos de formação no menor tempo possível. Está sendo avaliado, dia a dia, o cenário epidemiológico no Estado, de modo que as aulas possam transcorrer com segurança sanitária para alunos, professores, trabalhadores das academias e também de pessoas próximas”, afirma o texto, sem mencionar qualquer previsão para o início dos cursos. (A íntegra da nota está no final da matéria).

Os cursos de formação para as polícias Civil, Militar, Científica e também do Corpo de Bombeiros estavam previstos para ter início neste mês de abril, mas foi adiado sem previsão. Na ocasião o governo do Estado alegou que houve aumento dos casos da covid-19  e que, por isso, não era seguro dar início aos cursos – apesar de ter liberado as aulas em colégios e universidades, por exemplo.

PROMESSA

Segundo a previsão inicial, 750 aprovados no concurso da Polícia Militar começariam o curso de formação de soldados, em abril deste ano – deve durar seis meses. Também neste mês, 60 seriam convocados para curso de oficial. Já em janeiro de 2022, está prevista a convocação de mais 700 pessoas para a segunda turma de soldados.

No Corpo de Bombeiros, 100 começariam o curso de formação em abril. A duração será de sete meses. Vinte também seriam convocados para curso de oficial, com duração de 12 meses. Já em janeiro de 2022, mais 100 serão convocados para curso de formação.

Na Polícia Civil, 50 aprovados seriam convocados para formação em delegado a partir de abril. Duração do curso é de quatro meses. Em abril de 2022, mais 50 convocações.

Por fim, na Polícia Científica, seriam 50 aprovados que farão curso para médico legista. Duração de quatro meses, contados a partir de abril. E 45 pessoas farão curso para auxiliar de perito.

NOTA OFICIAL

O Governo de Pernambuco reafirma seu compromisso de convocação de 1.925 aprovados em concursos da segurança, incluindo PMPE, PCPE, CBMPE ou Polícia Científica. Reforçar uma área fundamental para a paz e o bem-estar social, com incremento de efetivo, é prioridade da gestão, para que a redução da criminalidade continue e seja ainda mais acentuada em Pernambuco. Desde 2015, o Governador Paulo Câmara já nomeou 6,8 mil servidores para a segurança pública.

Neste momento, estão sendo adotadas as medidas necessárias para possibilitar as convocações, visando o início dos cursos de formação no menor tempo possível. Está sendo avaliado, dia a dia, o cenário epidemiológico no Estado, de modo que as aulas possam transcorrer com segurança sanitária para alunos, professores, trabalhadores das academias e também de pessoas próximas.

Compartilhe
%d blogueiros gostam disto: