bolsonaro-diz-ter-nome-“terrivelmente-evangelico”-para-o-stf

Bolsonaro diz ter nome “terrivelmente evangélico” para o STF

Coletiva à imprensa sobre o programa águas Brasileiras com o presidente Jair Bolsonaro, no palácio do planalto.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse a apoiadores no Palácio da Alvorada, neste sábado (08), que já tem em mente o nome do futuro ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). O mandatário do país poderá indicar alguém para a vaga de Marco Aurélio Mello, que se aposenta em julho.

“Vai ser um terrivelmente evangélico. Tem um cotado aí, por enquanto é ele, mas não está batido o martelo”, disse. “Imagine no STF, as sessões começarem com oração desse ministro”, acrescentou.

Os apoiadores chegaram cedo à residência oficial e foi conduzido para o cercado em que encontraram com o presidente. Eles fazem parte de uma igreja evangélica da Assembleia de Deus no Gama (DF). O grupo orou com o titular do Planalto e passou mais de 40 minutos conversando com Bolsonaro, que não usava máscara.

Entre os nomes cotados para a vaga de Mello, está o do atual advogado-geral da União, André Mendonça, que é evangélico. Ele também já foi ministro da Justiça no governo de Bolsonaro. Outro cotado é o de Humberto Martins, atual presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Compartilhe
%d blogueiros gostam disto: