vanguarda-tecnologica-do-mppe-se-amplia-com-inicio-da-implantacao-do-sim

Vanguarda tecnológica do MPPE se amplia com início da implantação do SIM

O avanço do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) no campo da tecnologia dá mais um importante passo. Nesta terça-feira (7), começa o treinamento das equipes das Promotorias de Justiça de Defesa da Infância e Juventude da Capital no Sistema de Informações do MPPE (SIM), a nova plataforma eletrônica para gerar e administrar os procedimentos da Instituição no meio eletrônico.

A meta é que, ao término de janeiro, 34 unidades do MPPE sejam treinadas e tenham o SIM funcionando. Até maio, o objetivo é que o SIM faça parte do cotidiano de todo o MPPE. Com a nova plataforma, pretende-se eliminar todos os procedimentos extrajudiciais do meio físico e implantá-los no ambiente digital. Em um primeiro momento, durante a transição, a convivência dos dois ambientes será necessária até que a migração seja completa.

O registro, a distribuição, o trâmite e o movimento de todos os procedimentos extrajudiciais passarão ao SIM, incluindo notícia de fato, Procedimento Preparatório, Procedimento Administrativo e Inquérito Civil. Os documentos protocolados serão analisados e submetidos à triagem antes da primeira tramitação no sistema, de modo a evitar duplicidade de instauração.

“Vivemos uma linha divisória entre o passado e o futuro. Haverá dificuldades no início. Mas é necessário que o MPPE inicie essa nova etapa tecnológica, que trará mais agilidade e economia. Vamos dar mais um passo para acabar com os procedimentos em papel no MPPE”, salientou o procurador-geral de Justiça do MPPE, Francisco Dirceu Barros.

A gestão de Francisco Dirceu Barros tem sido marcada por investimentos em tecnologia. “Não há escapatória para as instituições públicas a não ser se modernizar. Apostar em soluções tecnológicas é o meio para resolver vários problemas no mundo atual”, acrescentou o procurador-geral de Justiça.

Compartilhe
%d blogueiros gostam disto: