Tarifa de pedágio sobe 10,96% em rodovia de acesso ao Complexo de Suape e ao Litoral Sul

Novos valores da Rota do Atlântico entram em vigor a partir da 0h de sexta-feira (4), segundo texto publicado no Diário Oficial de Pernambuco desta quinta-feira (3).

As tarifas de pedágio cobradas pela Concessionária Rota do Atlântico, no Grande Recife, ficam 10,96% mais caras a partir da 0h de sexta-feira (4). O aumento, autorizado pela Agência de Regulação de Pernambuco (Arpe), foi publicado nesta quinta-feira (3), no Diário Oficial. Em 2018, o reajuste ficou em 4,29%.

A Rota do Atlântico dá acesso ao complexo Industrial de Suape e ao Litoral Sul de Pernambuco. Ela engloba as Rodovias PE-09 e VPE-052.

O trecho sob concessão começa na BR-101 Sul, nas proximidades do Hospital Dom Helder Câmara, no Cabo de Santo Agostinho, passa pelo contorno do Cabo e segue até a PE-038, no distrito de Nossa Senhora do Ó, em Ipojuca.

O reajuste da tarifa de pedágio da rodovia, este ano, é mais do que o dobro da inflação prevista para o Brasil, em 2018. De acordo com o mercado financeiro, a meta era fechar o ano na casa dos 3,69%, conforme o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

De acordo com a nova tabela de tarifas, automóveis, caminhonetes e furgões passam a pagar R$ 8,10. O valor anterior para essas categorias era de R$ 7,30.

Para caminhão leve, ônibus, caminhão e furgão com dois eixos e rodagem dupla, a tarifa sai de R$ de 14,60 para 16,20.

O pedágio mais caro é cobrado para caminhão com reboque e caminhão com semirreboque de nove eixos e com rodagem dupla. Esses motoristas deixam de pagar R$ 65,70 e passam a desembolsar R$ 72,90.

A tarifa mais barata é para motocicleta, motoneta e bicicleta a motor com rodagem simples. Ela custava R$ 3,70 e sobe para R$ 4,10.

Justificativa

De acordo com o diretor de regulação econômico-financeira da Arpe, Fred Maranhão, o índice de reajuste foi estabelecido por causa da necessidade de reequilíbrio do contrato de concessão, em virtude da lei de isenção de pagamento para veículos com eixos suspensos.

“Essa foi uma decisão tomada depois do movimento nacional dos caminhoneiros, em maio de 2018. O contrato inicial não previa que veículos deixariam de pagar pedágio, caso trafegassem com eixos suspensos”, afirmou Maranhão.

Segundo ele, foram feitos três pedidos de reequilíbrio contratual. A regulação nesse caso é realizada pela Arpe e pelo Complexo de Suape.

“Caso não existisse essa norma de isentar os eixos suspensos, o reajuste da tarifa de pedágio seria de 2,74% e ficaria abaixo do acumulado do IPCA, que foi de 4,05%. O valor-base sairia de R$ 7,30 para R$ 7,50”, observou.

Rota

Por meio de nota, a Rota do Atlântico informou que a tarifa de pedágio é uma das formas de remuneração dos mais de R$ 350 milhões investidos pela Concessionária até o momento, para garantir a agilidade e a segurança na prestação de serviço.

Ainda segundo a concessionária, o valor engloba o Serviço de Auxílio ao Usuário (SAU), 24 horas, que conta com o suporte de inspetores de tráfego, guinchos leve e pesado, ambulância com resgatistas e viaturas de inspeção de tráfego, que pode ser acionado pelo telefone de emergência 0800.031.0009.

A Rota do Atlântico justificou que o reajuste do valor da tarifa ocorre a cada 12 meses, contados do início da cobrança de pedágio, em 2014, com base no IPCA.

A concessionária disse também que, para o atual reajuste, foram considerados os efeitos da Lei 13.711/2018, que determinou a isenção da cobrança de eixos suspensos em todos as rodovias do país.

Confira a nova tabela

Novos valores de pedágio

CategoriqaTipo de VeículoNúmero de EixosRodagemTarifa
1Automóvel, caminhonete e furgão2Simples8,10
2Caminhão leve, ônibus, caminhão e furgão2Dupla16,20
3Caminhão, caminhão com semirreboque e ônibus3Dupla24,30
4Caminhão com reboque e caminhão com semirreboque4Dupla32,40
5Caminhão com reboque e caminhão com semirreboque5Dupla40,50
6Caminhão com reboque e caminhão com semirreboque6Dupla48,60
7Caminhão com reboque e caminhão com semirreboque7Dupla56,70
8Caminhão com reboque e caminhão com semirreboque8Dupla64,80
9Caminhão com reboque e caminhão com semirreboque9Dupla72,90
10Automóvel ou caminhonete com semi-reboque3Simples12,20
11Automóvel ou caminhonete com reboque4Simples16,20
12Motocicleta, motoneta e bicicleta a motor2Simples4,10

Fonte: Diário Oficial de Pernambuco

Compartilhe
%d blogueiros gostam disto: