promotora-deixou-claro-que-no-conselho-tutelar-nao-pode-haver-‘politica-partidaria’

Promotora deixou claro que no Conselho Tutelar não pode haver ‘política partidária’

Foto: Clebson Amsterdan

A promotora de Justiça de Gravatá, Fernanda Nóbrega (foto), foi muito pragmática durante sua fala na solenidade de posse dos cinco novos membros do Conselho Tutelar de Gravatá, agreste pernambucano., realizada na manhã desta sexta-feira (10).

Doutora Fernanda
disse que é preciso entender a importância do Conselho Tutelar e de
sua função dentro da sociedade. Ela disse que a entidade tem uma
atenção especial em sua vida ministerial e pessoal.

A representante do
MPPE disse que o conselheiro não pode e nem deve fazer política
‘partidária’ dentro do Conselho Tutelar, e que a única
‘política’ que deve ser feita é a pública, sobretudo voltada à
garantia dos direitos da Criança e do Adolescente.

A fala de Fernanda Nóbrega foi amplamente aplaudida pelo público presente. O Ministério Público é uma das entidades mais próximas do Conselho Tutelar por conta da Promotoria da Infância e Juventude. A solenidade aconteceu no Palácio Joaquim Didier, sede do Poder Executivo Municipal.

The post Promotora deixou claro que no Conselho Tutelar não pode haver ‘política partidária’ appeared first on Pernambuco Notícias – as principais notícias de Pernambuco.

Compartilhe
%d blogueiros gostam disto: