ouvidoria-da-assembleia-e-premiada-em-concurso-nacional-de-boas-praticas

Ouvidoria da Assembleia é premiada em concurso nacional de boas práticas

RECONHECIMENTO – “Premiações como essa são sempre importantes e permitem que entreguemos aos cidadãos melhores ferramentas de controle social”, destacou Adalto Santos. Foto: Roberto Soares

O ouvidor-geral da Alepe, deputado {dep: 14809(Adalto Santos)} (PSB), usou a tribuna, na Reunião Plenária desta terça (10), para anunciar que a Ouvidoria da Assembleia Legislativa de Pernambuco conquistou o segundo lugar no 3º Concurso Nacional de Boas Práticas das Ouvidorias Públicas Brasileiras, promovido pela Controladoria Geral da União (CGU). Unidades do tipo em todos os níveis da Federação inscreveram experiências nas categorias de Desenvolvimento de Capacidade Institucional, de Promoção da Simplificação e Desburocratização, de Fomento à Participação e ao Controle Social e de Tecnologia. A Alepe foi classificada no terceiro quesito, com o game Master Legis.

Adalto Santos destacou que o Master Legis é um jogo de perguntas e respostas sobre o Poder Legislativo e integra o Projeto Alepe nos Municípios, que promove reuniões da Casa fora do Recife, com o objetivo de aproximar o cidadão pernambucano da instituição. “Premiações como essa são sempre importantes e permitem que entreguemos aos cidadãos melhores ferramentas para que eles exerçam o controle social dos poderes públicos. Parabenizo e agradeço a todos os que fazem a Ouvidoria desta Casa”, discursou.

PARTICIPAÇÃO – Assembleia foi classificada em segundo lugar com game Master Legis, idealizado pelo ouvidor-executivo da Casa, o servidor Douglas Moreno. Foto: Alepe

O jogo foi idealizado pelo ouvidor-executivo da Assembleia, Douglas Moreno. “Acredito que a linguagem dos games é a mais eficiente para conquistar a atenção de jovens e crianças hoje em dia”, explicou. “Avalio que a iniciativa tem obtido sucesso sempre que é utilizada e, no concurso, foi considerada original e inovadora”, prosseguiu. O servidor enfatizou que o Parlamento Estadual pernambucano foi o único do País a ser classificado no certame: “Mesmo tendo sido idealizado numa Assembleia, o jogo tem caráter institucional e não político, e está causando curiosidade em outras ouvidorias públicas do Brasil”. 

O concurso tem o objetivo de estimular, reconhecer e premiar iniciativas desenvolvidas pelas ouvidorias públicas em todo o País que promovam o aprimoramento do controle social, a ampliação dos espaços e canais de participação social na gestão e a melhoria na prestação de serviços públicos. Os 69 projetos apresentados foram analisados por meio de critérios como criatividade e inovação, custo-benefício, efetividade, além de simplicidade e facilidade de replicação. A entrega da premiação ocorrerá no Seminário Regional de Ouvidoria – Norte, de 6 a 8 de maio, em Manaus (AM).

Compartilhe
%d blogueiros gostam disto: