funai-ja-distribuiu-mais-de-286-mil-cestas-de-alimentos-a-indigenas

Funai já distribuiu mais de 286 mil cestas de alimentos a indígenas

Publicado em

09/07/2020 14h57

A Fundação Nacional do Índio (Funai) já investiu, desde o início da pandemia, quase R$ 24 milhões em ações de combate ao novo coronavírus. Entre as medidas, está a distribuição de mais de 286 mil cestas de alimentos a indígenas em situação de vulnerabilidade social em todo o País. As entregas envolvem recursos próprios, doações e parcerias com outros setores do governo federal. A expectativa é alcançar, nos próximos dias, a marca de 500 mil cestas entregues.

A iniciativa envolve o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), entre outros parceiros. A ação deve beneficiar 154 mil famílias em 3 mil comunidades indígenas. A maior parte dos itens (182 mil) foi adquirida pela Conab com recursos do MMFDH. Já a distribuição tem sido executada pela Funai, com o auxílio do Ministério da Defesa.

Além disso, mais de 47 mil kits de higiene pessoal e limpeza já foram destinados a comunidades indígenas de todo o País. O objetivo é contribuir para a adoção de medidas preventivas à covid-19. Os kits são compostos de sabonete, desinfetante, detergente, papel toalha, sabão em pó e em barra, escova e pasta dental.

Por meio da entrega de cestas e kits, a Funai busca contribuir com o isolamento social e garantir a segurança alimentar nas aldeias. O esforço envolve 39 Coordenações Regionais, 240 Coordenações Técnicas Locais e 11 Frentes de Proteção Etnoambiental (FPE) espalhadas pelo País.

No trabalho da distribuição, os servidores da Funai utilizam Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), conforme os protocolos do Ministério da Saúde. Desde o início da pandemia, a Funai já enviou 200 mil EPIs aos servidores que seguem em contato com as aldeias, o que inclui máscaras, toucas, luvas descartáveis e testes rápidos.

Outras medidas

Ainda no mês de março, a Funai já havia suspendido as autorizações para ingresso em Terras Indígenas e, atualmente, participa de 217 barreiras sanitárias para impedir a entrada de não indígenas nesses territórios. A fundação também promove, por meio das suas Coordenações Regionais, atividades de conscientização sobre os riscos de contágio.

Fiscalização

Desde o início da pandemia, a Funai já participou de 151 ações de fiscalização em 63 Terras Indígenas para coibir ilícitos, tais como extração ilegal de madeira, atividade de garimpo e pesca predatória. A fundação investiu mais de R$ 1 milhão nas ações, realizadas em parceria com outros órgãos.

Atendimento

Os indígenas contam ainda com uma Central de Atendimento específica para solicitações relacionadas ao combate à covid-19 a fim de que as informações cheguem no menor tempo possível aos órgãos competentes, possibilitando o atendimento imediato das demandas.

As solicitações podem ser encaminhadas para os telefones (61) 99622-7067 e (61) 99862-3573, por meio de mensagem de texto e aplicativo WhatsApp, ou ainda pelo e-mail covid@funai.gov.br. Para efetivar a solicitação, reclamação ou pedido de informações é preciso informar dados como nome completo e localização, além de apresentar um relato detalhado da situação.

Empresa Solidária

Campanha Empresa Solidária segue aberta para doações que serão destinados às famílias indígenas mais vulneráveis, como alimentos não-perecíveis, produtos de higiene pessoal e materiais de limpeza. A ideia é que as doações possam se somar ao trabalho que vem sendo realizado pela fundação. 

Saúde indígena

A Funai e a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) trabalham de forma articulada no combate ao coronavírus. A Funai tem o papel de monitorar as ações e serviços de atenção à saúde indígena, enquanto a execução dos trabalhos é de responsabilidade do Ministério da Saúde, por meio da Sesai. A atuação da Funai se dá via Coordenação de Acompanhamento de Saúde Indígena (Coasi).

Funai no combate ao coronavírus

• R$ 23,9 milhões investidos em ações preventivas

• 286, 6 mil cestas entregues a indígenas (recursos próprios, doações e cestas adquiridas com recursos do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos – MMFDH), expectativa é alcançar a marca de 500 mil cestas distribuídas

• 47,8 mil kits de higiene e limpeza distribuídos a indígenas de todo o país

• Central de Atendimento da Funai à Covid-19

• Campanha Empresa Solidária

• Suspensão das autorizações para ingresso em Terras Indígenas

• Suporte a 217 barreiras sanitárias

• 200 mil itens de EPIs enviados às unidades descentralizadas

Com informações da Funai

Compartilhe
%d blogueiros gostam disto: