fabrizio-ferraz-destaca-criacao-da-comissao-de-seguranca-publica

Fabrizio Ferraz destaca criação da Comissão de Segurança Pública

GRATIDÃO – “Mesa Diretora mostrou sensibilidade e maturidade para conduzir o processo de criação do colegiado.” Foto: Evane Manço

Presidente da recém-criada Comissão Permanente de Segurança Pública e Defesa Social, o deputado {dep: 364559(Fabrizio Ferraz)} (PP) reiterou, em discurso na Reunião Plenária desta quinta (20), seu compromisso em cooperar com Pernambuco nessa área. Ele se disse honrado com a confiança dos colegas que o elegeram e destacou o empenho institucional coletivo para que o colegiado fosse formado.

“Com total compreensão das responsabilidades e desafios que teremos pela frente, e também com o sentimento de esperança de contribuir para a segurança do nosso Estado, agradeço a escolha do meu nome para assumir essa missão”, pontuou. Ferraz estendeu os agradecimentos à Mesa Diretora, que possibilitou a criação desse novo grupo parlamentar por meio do Projeto de Resolução nº 1320/2020, responsável por alterar o Regimento Interno da Alepe.

“Citando o presidente {dep: 14824(Eriberto Medeiros)} (PP), saúdo todos os membros da atual Mesa Diretora, que mostrou sensibilidade e maturidade para conduzir o processo de criação do colegiado”, disse o deputado. “A Comissão corrige uma lacuna histórica e sinaliza para a sociedade, de maneira mais clara e concreta, o comprometimento da Alepe no enfrentamento a todas as formas de violência no nosso Estado.”

Eriberto Medeiros e {dep: 273150(Isaltino Nascimento)} (PSB) também frisaram a conquista institucional da Casa e elogiaram o empenho de Ferraz. “Desejo aos membros da Comissão que façam um brilhante trabalho, contribuindo com esse debate na sociedade pernambucana”, afirmou o presidente. “É uma conquista histórica para a Assebleia, assim como foi, no passado, a instalação da Comissão da Mulher”, complementou Nascimento. 

Operação Consórcio – Fabrizio Ferraz ainda falou, durante seu pronunciamento, sobre a Operação Consórcio do Crime, deflagrada pela Polícia Civil de Pernambuco nessa quarta (19). O trabalho, que contou com a cooperação de policiais militares, resultou na prisão de suspeitos de integrar uma organização criminosa que planejava atacar o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima (Região Metropolitana do Recife).

Compartilhe
%d blogueiros gostam disto: