CRAS Santo Amaro ganha nova sede e reforça atendimento à população

cras-santo-amaro-ganha-nova-sede-e-reforca-atendimento-a-populacao

Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) Santo Amaro passa a funcionar na Rua 13 de Maio, oferecendo maior acolhimento e conforto aos usuários do serviço. (Fotos: Daniel Tavares/PCR)

Com o intuito de melhorar a qualidade do atendimento e garantir mais acolhimento aos usuários, a Prefeitura do Recife reinaugura o CRAS Santo Amaro em novo endereço. Agora, o equipamento está localizado na Rua 13 de Maio, número 76, no bairro de Santo Amaro. O novo CRAS passa a funcionar em um imóvel mais amplo e com melhor estrutura, o que irá permitir a oferta das atividades do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), que não existia no equipamento anterior. 

“O CRAS Santo Amaro ganha hoje uma sede mais ampla e acolhedora. Essa conquista traz benefício não só para os usuários, que serão melhor acolhidos no serviço, mas também para os trabalhadores da assistência social, que poderão fazer uma escuta mais qualificada”, reforça a secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Ana Rita Suassuna.

O CRAS Santo Amaro atende os moradores dos bairros de Santo Amaro, Boa Vista, Santo Antônio, São José, Coelhos, Soledade e Bairro do Recife. O horário de funcionamento continua sendo das 8h às 17h e os telefones para contato também continuam os mesmos: 3232-1550 ou 1547 ou 1548.

O principal serviço oferecido nos CRAS é o Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF), que consiste no trabalho social com famílias, de caráter continuado, com a finalidade de fortalecer a função protetiva, prevenir a ruptura de seus vínculos, promover seu acesso e usufruto de direitos e contribuir na melhoria de sua qualidade de vida. Além dele, a unidade de Santo Amaro oferta os serviços relativos ao Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e ao Vem Livre Acesso. Agora, cada um desses serviços possuirá uma sala exclusiva, melhorando o atendimento às famílias em situação de vulnerabilidade e risco social. 

Além dos mesmos serviços de antes, a unidade contará com espaço para realizar atividades de Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV). O público-alvo do SCFV são pessoas em condições sociais, educacionais e econômicas vulneráveis, incluindo alguns jovens cumprindo medidas socioeducativas, em situação de acolhimento ou com defasagem escolar superior a dois anos. São executadas atividades com base na convivência social, direito de ser e participação, buscando fortalecer os vínculos familiares e comunitários dos usuários, através de práticas e vivências que estimulem o aprendizado e o respeito ao próximo.

Atualmente, Recife conta com 14 Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) espalhados pelas seis Regiões Político-Administrativas (RPAs) da cidade. Tais equipamentos são  a principal porta de entrada do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). Devido a sua capilaridade nos territórios, o CRAS é responsável pela organização e oferta de serviços da Proteção Social Básica nas áreas de vulnerabilidade e risco social.