coronavirus(covid-19):-informacoes,-desinformacoes-e-repudio-a-bandidagem-no-setor-privado.

Coronavírus(Covid-19): Informações, desinformações e repúdio à bandidagem no setor privado.

Direto de Brasília-DF.

Hoje resolvi interromper a série de artigos sem todavia deixar de escrever sobre educação.

Em meus artigos sobre o processo de educação e ensino tenho insistido que a educação está na vida. É a vida que te passa a maior quantidade de Lições e é você o responsável por se deixar educar ou não.

O Ensino escolar e livresco é algo menor que o processo de educação. Este vem ao teu encontro em casa, na rua, no trabalho e em todos os lugares que frequenta.

A educação pede para entrar em você, se misturar com você e sua essência. Ela quer que você a absorva por todos os teus sentidos(visão, gustação, olfato, tato, audição) e também quer ser absorvida por você. A questão é: você está aberto a recebê-la?

Por exemplo, momentos de crise cobram humildade para que possamos nos deixar educar. A crise que o COVID-19 OU CORONAVÍRUS nos impõe saber que:

1 – Qualquer pessoa pode ser infectada, independente da idade;

2 – Lavar muito bem as mãos em casa e principalmente quando tiver que sair e voltar para seus familiares pode minimizar a chance de contagiar;

3 – Entrar descalço em sua casa deixando sapato ou chinelo fora previne doenças. O calçado que você tras da rua volta cheio de bactérias. Isto os orientais já fazem há séculos, para evitar doenças;

4 – Se sentir qualquer sintoma do CORONAVÍRUS não esconda por medo de ir ao hospital. Seja solidário com o resto da humanidade. Ligue para os telefones de sua região, que cuidam da saúde pública ou corra para o hospital;

5 – Não frequentar praias, bares, academias, igrejas, clubes ou qualquer ambiente com ajuntamento de pessoas é prevenir contra o vírus. Seja consciente. Quando o governo determina ficar em casa entenda que esta é uma medida que ajuda a diminuir o risco de contágio;

6 – Se vai tossir ou espirrar cubra o rosto com seu braço. Seja educado e solidário com quem está a seu redor;

7 – Idosos devem ficar em casa. Nada de tomar cafezinho com o vizinho, de fazer hidroginástica, dar comida a pombos na praça, jogar dama ou dominó, ir para academia e nem mesmo para a igreja. Deus não salva tolos!

Saiba que no Brasil ainda não atingimos o pico do contágio. Isto implica dizer que precisamos nos ajudar, ser solidários uns com os outros. Este MOMENTO DE DISTANCIAMENTO SOCIAL  vai passar. Mas, enquanto durar a pandemia entenda que:

  • deixar de apertar as mãos de amigos e parentes não é falta de educação, mas medida de educação e proteção para si e para o próximo;
  • deixar o almoço de família aos fins de semana para quando a pandemia passar é preservar a saúde de quem você ama;
  • ficar em casa é uma tortura para algumas pessoas(não para mim). Crie rotinas que te causem prazer como ler, navegar na Internet, ver TV. Agora, se você for ver TV e o programa que está vendo só destila ódio (como ocorre com certos programas esportivos), então, mude de canal e veja coisas leves e interessantes. Se você já está obrigado a ficar em casa e ao ligar ao TV vê comentaristas esportivos dizerem que sentem NOJO de seres humanos, isto não faz bem à saúde. Mude de canal!
  • cancele suas viagens, até o mundo voltar ao normal,
  • não vá a festas de aniversário ou outras comemorações e não faça festa em sua casa. Você não sabe se quem vem a sua casa teve ou não contato com alguém infectado. Uma pessoa contaminada, depois, pode contagiar inúmeras outras pessoas;
  • Por favor, pare de ficar dizendo que o que está acontecendo é praga do apocalipse. Toda vez que ocorre uma epidemia ou pandemia alguns religiosos vazios começam a pregar o terror e a ressuscitar o inferno. Se você não tem uma mensagem boa fique com a boca fechada! Diga algo bom ou cale-se!

 

BANDIDAGEM NÃO!!!

Não é hora de bandidagem! Todos sabemos que o setor privado da economia pensa primeiro no lucro e raramente no social. Por exemplo, tem supermercados e outros setores da economia privada que estão SUBINDO PREÇOS de produtos que sequer são alvo de desabastecimento. Ontem registrei em meu Facebook e Instagram, um episódio lamentável que testemunhei aqui em Brasília-DF.

Fui comprar uma garrafa de suco de uva em um supermercado próximo à minha casa, em um prazo de apenas três dias de diferença. O suco custava oito reais e quando cheguei no mesmo supermercado, o mesmo suco já custava R$13,99. Que bandidagem é esta?!? Por que não criamos vergonha na cara e mudamos essa cultura de levar vantagem em tudo?!? Será que até em momentos de pandemia o que prevalece é o espirito de rapina?!? Não comprei o tal suco! Não comprem quando isto acontecer!!! Busquem alternativas e denunciem os estabelecimentos abusivos, ao PROCON!!! Para este tipo de estabelecimento a falência é castigo merecido! Afinal, é para isto que serve a concorrência de preços. Procure o mais barato. Troque de estabelecimento!

Uma coisa é oferta e demanda e outra é bandidagem! Aumentar preço de álcool gel, medicamentos e alimentos quando o povo mais precisa, não é lei de oferta e procura, mas deslealdade e bandidagem!

Espero que o PROCON crie uma lista especial de empresas e estabelecimentos diversos que durante esta crise pandêmica atentam contra o consumidor e espero que o consumidor não aceite o abuso; que busque alternativas. Infelizmente muitos comerciantes honestas falirão por causa desta pandemia enquanto muitos desonestos seguirão ganhando muito dinheiro.  O povo precisa saber que se deixar tudo por conta do governo chegará ao fundo do poço mais cedo que o esperado, porque o governo simplesmente não tem como suprir a todas as necessidades automática e simultaneamente. Façamos cada um a parte que é devida e todos se beneficiam.

Saiba que a diferença entre riscos e incertezas. Estamos vivendo um momento que envolve tanto riscos quanto incertezas. O risco agora está em todos os lugares, pessoas  e atitudes que podem nos levar ao contágio. O risco é calculado e ocorre quando mesmo sabendo o que devemos fazer para evitar o perigo resolvemos ir em frente. As incertezas em casos de epidemia(nacional) ou pandemia (no mundo) talvez sejam piores porque não conseguimos prever o que de mal pode acontecer. Há incertezas para o comércio, indústria, esporte e para a cadeia produtiva, para o consumo, para o mercado de trabalho e por fim, para a própria vida. Viva bem e com saúde. Previna-se porque o CORONAVÍRUS/COVID-19, já está matando e pode matar muito mais, até que os cientistas encontrem medicamentos eficazes.

Sábado próximo retorno com os episódios sequenciais sobre o processo de educação e ensino na Renascença.

Abraço a todos. Cuidem-se bem!

 

Siga-me no INSTAGRAM, FACEBOOK, TWITTER e LINKEDIN. Busque: judivan.j.vieira. Espero você lá, ok?!?

Compartilhe
%d blogueiros gostam disto: