Aumento dos combustíveis e baixas tarifas prejudicam motoristas de aplicativos

Os aumentos frequentes nos combustíveis e as baixas tarifas recebidas, tem prejudicado os profissionais que trabalham com a atividade de transporte. Motoristas de aplicativos e motofretistas, tem encontrado cada vez mais dificuldades para se manter na atividade.

Além disso, as baixas tarifas, estão fazendo com que muitos profissionais desistam da atividade.

O presidente da AMAPE – Associação dos Motoristas e Motofretistas por Aplicativos de Pernambuco, Thiago Silva, diz que muita gente precisou devolver o veículo. “Muitos parceiros precisaram devolver os veículos locados e até mesmo financiados”, disse.

“As tarifas dos aplicativos – Uber, 99 e Indriver estão sem reajuste há 5 anos. Ao contrário, ela diminuiu. Ninguém aguenta mais”, sentenciou.

Paralisação

Uma paralisação das atividades está prevista para a próxima segunda-feira, 01/03, à partir das 7h. A ideia, que surgiu nas redes sociais, tem a hashtag #ReajusteJá.

Os motoristas irão se concentrar em frente ao Classic Hall e seguirão em Carreata até as sedes das empresas Uber e 99, para pedir mais uma vez, o reajuste de tarifas.

Compartilhe
%d blogueiros gostam disto: