A importância das Parcerias- Público-Privadas e o papel dos municípios

Todos sabemos que o Saneamento é vida. A cada R$ 1,00 de investimento em Saneamento conseguimos economizar R$ 4,00 em Saúde. Dessa forma que, Jaboatão dos Guararapes tomou uma série de decisões que impactarão no futuro da cidade.

Participando da maior parceria público privada em Saneamento do Brasil onde a cidade foi contemplada com investimentos públicos da ordem de R$ 197 milhões com execução da Companhia Pernambucana de Saneamento (COMPESA) por intermédio de um Parceria Público Privada (PPP) com a BRK AMBIENTAL tendo por objetivo contemplar em 100% do esgoto coletado e aumentar os índices de acesso a água. Ao contrário de que muitos falam, o projeto é ousado sendo que os recursos servirão para a implantação de mais de 70 km de redes coletoras, além de oito estações elevatórias e uma Estação irão beneficiar cerca de 47 mil pessoas de áreas como Lagoa das Garças, Sotave, Prazeres, Guararapes, além de comunidades situadas à margem da BR- 101

Esse plano vem trazendo uma sensível melhora à qualidade de vida e à saúde da população, especialmente a mais carente, sem falar além da diminuição nos índices de poluição da lagoa olho d’água. Sem falar na geração de empregos na execução das obras e na operação do sistema, além de uma relevante “externalidade positiva” em termos de geração de renda de forma indireta.

Jaboatão dos Guararapes apresenta índices vergonhosos de área saneada, com apenas 6%. A parceria Publico Privada irá tirar a cidade dos últimos lugares de cidades sem saneamento. A PPP é uma realidade com amplo debate na sociedade, todos sabem que não é apenas dever do município investir em saneamento, temos um órgão estadual que é a COMPESA que detém a responsabilidade de gestão e execução de obras de saneamento

Nesse contexto, permito fazer a pergunta: quem hoje se opõe à PPP acredita que está tudo bem? Tem alguma proposta concreta de quem coloca que a gestão municipal não investe na área?  A PPP em Jaboatão dos Guararapes é uma realidade e deve seguir com tranquilidade para que a população mais carente seja beneficiada.

Compartilhe
%d blogueiros gostam disto: